MPE dá parecer pela impugnação de mandatos dos deputados Chió, Dr. Érico e João Bosco Carneiro


O Ministério Público Eleitoral (MPE) deu parecer favorável à impugnação do mandato eletivo dos deputados estaduais Doutor Érico (Cidadania), João Bosco Carneiro Júnior (Cidadania) e Chió (Rede), todos eleitos em 2018. O MPE identificou possível fraude na formação da coligação proporcional “Força do Trabalho V”, formada pelo Democratas, Rede Sustentabilidade, PMN e PPS (hoje Cidadania), por meio dos registros de nove candidaturas femininas, supostamente “laranjas”, que teriam trabalhado em favor de outras candidaturas.


Segundo a manifestação do procurador Regional Eleitoral, Rodolfo Alves Silva, o ato teria comprometido a lisura do processo eleitoral. O parecer ministerial segue para análise do juiz Fábio Leandro de Alencar Cunha, relator do processo no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), que pode colocar a matéria em pauta nos próximos dias.


O processo foi movido pela coligação A Força da Esperança II”, que pede a impugnação de 68 candidatos, incluindo os três deputados eleitos. A ação tem por base suspeitas de falsidade em candidaturas femininas apenas para o preenchimento de quota de gênero de 30% na eleição, e apropriação de verbas do Fundo Especial de Financiamento de Campanha feminina.


Wscom

Compartilha via Whatsapp

Sobre Chico Lobo

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook