Azevêdo diz que Consórcio no NE não servirá para instigar briga política com Bolsonaro

O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), disse que a criação do Consórcio Nordeste não representa um movimento oposicionista ao presidente Bolsonaro, mas uma forma de concentrar uma série de investimentos em conjunto para a região. A informação foi publicada pelo site UOL.

De acordo com o gestor, a implantação de uma central de compras está entre as iniciativas que são pleiteadas pelos estados nordestinos. Outra proposta do consórcio é tentar a contratação de médicos estrangeiros para atuar na região.

Azevêdo disse ainda que o governo federal decidiu suspender o envio de recursos já garantidos para a construção de uma barragem e a realização da dragagem do Porto de Cabedelo, na Grande João Pessoa.

De acordo com o governador, a Paraíba ainda não teve nenhum convênio firmado com o governo federal este ano. Ele lembrou que é preciso desarmar o palanque montado durante as eleições do ano passado, sob pena de transformar a relação com o governo federal num ‘Flamengo X Fluminense’.

Apesar do clima de animosidade com Bolsonaro, principalmente por conta da polêmica envolvendo declarações do presidente, Azevêdo espera um tratamento republicano do governo federal com a Paraíba.


.
Compartilha via Whatsapp

Sobre Chico Lobo

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook