Hospital de Trauma de João Pessoa realiza dia ‘D’ da Campanha Novembro Azul

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, realizou por meio do Grupo de Trabalho Humanizado – GTH, em parceria com o Centro Universitário UniNassau, o Dia ‘D’ da Campanha Novembro Azul, na unidade de saúde, com o objetivo de alertar sobre a importância da prevenção do câncer de próstata. 

O evento ofereceu aos participantes massagens relaxantes, tratamentos fisioterápicos, limpeza de pele, música ambiente, além de dicas de autocuidados e prevenção ao câncer de próstata. Um dos pontos altos da ação ocorreu durante a visitação dos profissionais de saúde nas enfermarias para conversar e esclarecer dúvidas sobre o Novembro Azul.

O urologista da Instituição, Emerson Medeiros, explicou que o diagnóstico precoce aumenta as chances de cura do câncer de próstata. “O tratamento prévio tem uma significativa importância no tratamento e cura do câncer. É comum que os homens ainda tenham preconceito em realizar exames de rotina e acompanhar sua saúde mais perto, por isso lideram as estatísticas de mortes de doenças naturais no país”, afirmou.

Cristiano Bispo, coordenador da Manutenção da instituição, ressaltou a importância da atividade. “As orientações e os esclarecimentos deste evento foram valiosos. Como muitos homens, sou negligente nos cuidados com a minha saúde e vejo o quanto isso pode me prejudicar no futuro. A partir de hoje mudarei minhas atitudes e procurarei fazer exames preventivos”, concluiu.

De acordo com a coordenadora do GTH, Neuma Ribeiro, o evento surpreendeu pela adesão de todos. “Ficamos felizes com o evento, pois sabemos que o conhecimento abre portas significantes. Uma pessoa bem informada pode perpetuar o que aprendeu aos outros e desmistificar todo preconceito que existe a respeito do câncer”, salientou.

Para supervisora de estágios do curso de Fisioterapia do Centro Universitário UniNassau, Dayvianne Moreira, a parceria entre o Hospital de Trauma e a universidade é muito válida e só tem a engradecer o currículo do aluno que realiza o estágio dentro da instituição. “Nossos estudantes são muito bem recepcionados no hospital, por isso fazemos questão de participar de todas as datas alusivas que são realizadas na unidade de saúde”, finalizou.

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma) e ainda é uma das principais causas de morte em homens com mais de 40 anos, juntamente com acidentes vasculares cerebrais e infartos, segundo dados da área técnica de Saúde do Homem do Ministério da Saúde (MS).


Compartilha via Whatsapp

Sobre Chico Lobo

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook