TAPETÃO: Três anos e seis meses após eleição, Cássio ainda sonha derrotar Ricardo Coutinho

O julgamento, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que pede a cassação do governador Ricardo Coutinho (PSB), em AIJE Fiscal impetrada pela coligação “A Vontade do Povo”, por abuso de poder político e econômico, está marcado para acontecer na próxima terça-feira (13).  Já se passaram três anos e seis meses e o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ainda luta para destronar o governador Ricardo Coutinho, reeleito legitimamente pelo povo em 2014.

Entenda o processo

O governador é acusado de conduta vedada e abuso de poder político e econômico pelo eventual uso da máquina administrativa, através da concessão de isenção de taxas do Detran, créditos tributários de ICMS e renúncia fiscal do programa Gol de Placa, durante a eleição de 2014.

Os advogados de Cássio arguiram que houve favorecimento no pleito de 2014 quando da utilização do IPVA. O TRE paraibano julgou improcedente a queixa, mas a área jurídica de Cássio recorreu.

A defesa do governador e da vice-governadora renova a convicção de que todas as ações administrativas realizadas no ano de 2014 se deram em pleno respeito à legislação eleitoral, com observância da impessoalidade e do interesse público, sem qualquer desvirtuamento.

Os advogados defendem que a gestão fiscal do governo tem natureza séria e responsável empreendida também em 2014 fazendo parte de uma política pública continuada, não graciosa, vigente há décadas na Paraíba, que, no caso do IPVA, teve por objetivo regularizar a circulação de veículos e garantir recursos financeiros por intermédio do aumento da receita tributária.

Ministros

O TSE, presidido pelo ministro Luiz Fux, tem como integrantes mais dois ministros oriundos do Supremo Tribunal Federal, Roberto Barroso e Rosa Weber. Os demais ministros são Napoleão Maia (corregedor), Jorge Mussi e Admar Gonzaga Neto, que são do Superior Tribunal de Justiça, além do advogado Tarcísio Vieira de Carvalho.

Fonte: Polêmica Paraíba

Créditos: Polêmica Paraíba
Compartilha via Whatsapp

Sobre Chico Lobo

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.