CELULAR SEGURO: Aplicativo do Governo combate roubo e furto de celulares na Paraíba

O dispositivo Celular Seguro já conta com mais de 1,3 mil aparelhos cadastrados em pouco mais de um mês em funcionamento. 

A ferramenta foi desenvolvida pelo Governo do Estado, por meio Companhia de Processamento de Dados da Paraíba (Codata), para combater o roubo de celulares na Paraíba, e faz parte dos serviços oferecidos pelo Portal da Cidadania, lançado no fim de janeiro. 

Esse mecanismo possibilita que a polícia tenha condições de verificar a situação de qualquer celular – desde que esteja cadastrado – auxiliando na recuperação dos aparelhos roubados, furtados ou perdidos.

Para ter acesso ao dispositivo, basta o usuário acessar o Portal da Cidadania, por meio do endereço www.portaldacidadania.pb.gov.br, fazer o cadastro, que pode ser realizado com veiculação da conta no Facebook, Gmail ou Twitter. Em seguida, ir até a aba Celular Seguro e cadastrar o seu aparelho. O diferencial oferecido pelo Governo do Estado é que a ferramenta está disponível tanto na web quanto por aplicativo.

O presidente da Codata, Krol Jânio, destaca que para aparelhos com sistema Android, a identificação (IMEI) é salva automaticamente, mas é necessário fazer o cadastro para que o dono seja localizado, em caso de roubo ou perda. “É fundamental que a população acesse o Portal da Cidadania e cadastre os aparelhos de celular. Dessa forma, a polícia terá um banco de dados para a recuperação de celulares roubados ou perdidos no Estado”, alertou. Uma das formas de descobrir o IMEI do aparelho é digitando o código *#06# . No sistema IOS essa identificação também pode ser localizada nas configurações do sistema, acessando a aba “Geral”, em seguida, na opção “Sobre” e rolando a tela até o IMEI.

Já o coordenador de Tecnologia da Informação (TI) da Polícia Militar, capitão Luís Pantaleão, observou que à medida que a ferramenta Celular Seguro for sendo utilizada pela população desestimulará o comércio de celulares roubados na Paraíba. “O principal motivo para o roubo de celulares é o comércio informal. Esse aplicativo vai dar condições de a população verificar a situação de qualquer aparelho, por meio do aplicativo, antes de efetuar a compra, evitando o crime de receptação”, disse.

O capitão ressaltou ainda que a ferramenta vai proporcionar à Polícia mais eficiência no combate a roubos e a furtos de celulares no Estado. “Para que a população entenda o quanto é importante cadastrar o seu aparelho celular, basta dizer que essa atitude vai dar condições de a Polícia verificar a situação de um aparelho, se tem alguma restrição, da mesma forma que verifica a situação de um veículo, tomando as providências que nos competem”, explicou, lembrando que o aplicativo Celular Seguro também envia alerta de aparelhos roubados ou perdidos.

Portal da Cidadania –  Lançado no fim de janeiro pelo Governo do Estado, o Portal da Cidadania reúne uma série de serviços para facilitar o dia a dia da população. Acessando o site www.portaldacidadania.pb.gov.br , a população tem à disposição serviços de Mobilidade, Segurança Pública, Governo, Cultura, Esporte, Saúde, Meio Ambiente, Ouvidoria, Utilidade Pública, Guias de Pagamento, Turismo e Concursos, por exemplo.

Por meio do Portal da Cidadania, é possível participar do Orçamento Democrático Estadual 2018, como se fosse presencial. Para isso, é necessário clicar no ícone do ODE, fazer o cadastro e votar nas prioridades de cada região por meio do aplicativo, como explicou o presidente da Codata. “O cidadão só precisa baixar um aplicativo. Nesse ambiente, ele elenca as prioridades e envia a informação. Isso vai facilitar e expandir a participação popular nas plenárias”, ensinou Krol Jânio.
Compartilha via Whatsapp

Sobre Chico Lobo

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. uma das maneiras do comércio informal é a conivência da PM. Existe em Campina Grande local para venda de celular, sem a procedência e sem nota fiscal, no Centro da cidade. Bancas sao postas diariamente em frente ao antigo Capítulo, sem nenhuma fiscalização, enquanto roubam os celulares à mão arma da.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que não seja conivência, expressão totalmente equivocada de pessoas que não dão valor a sua polícia e seus agentes públicos, mas fácil valorizar bandido ou quem os defende,para isso devemos ter um efetivo maior de policiais.

      Excluir

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.