Procon Municipal divulga pesquisa de preços do material escolar

O Procon Municipal divulgou nesta quarta-feira, 03 de janeiro, a pesquisa de preço do material escolar comercializado em cinco estabelecimentos de Campina Grande. Para a coleta dos dados, realizada na última semana de dezembro passado, foram selecionadas cinco lojas e avaliados os preços de 46 itens. A equipe da pesquisa constatou variações que podem ultrapassar 500% nos preços de alguns itens, a exemplo do apontador (unidade) que custa R$ 0,25 em um estabelecimento e R$ 1,60 em outro (variação de 540%). O caderno pautado pequeno (96 folhas) foi encontra por preços variando entre R$ 1,69 e R$ 7,25 (diferença de 329%). A dica do Procon é pesquisar antes de concluir as compras.

Para a coleta de dados do Procon não foram consideradas marcas, apenas os valores dos produtos. Além disso, existindo estabelecimentos que comercializam produtos no atacado e no varejo, sempre é considerado o valor dos produtos no varejo.

No item “papéis e cartolinas” a maior variação ficou por conta do Papel seda (folha), que pode ser encontrado por preços que variam entre R$ 0, 15 e R$ 0,50, representando uma variação de aproximadamente 233%. O metro do papel contact transparente também apresentou uma variação significativa (até 120%). O produto custa em média R$ 1,60, com uma variação de R$ 0,60. O menor valor encontrado foi R$ 1,00 e o maior R$ 2,20. Isso significa que a economia pode chegar até R$ 1,60 para o consumidor que comprar no local com o preço mais em conta.

Já a tabela com informações sobre “fitas, tintas e colas” também foram observadas variações. A tinta guache custa em média R$ 4,31, com uma variação de R$ 0,94. O menor valor encontrado para esse material foi R$ 3,69 e o maior R$ 6,00 (economia de R$ 2,31 para o consumidor que comprar no local com o preço mais em conta). A cola colorida, caixa com 4 unidades, custa em média R$ 3,88 com uma variação de R$ 0,65. O menor valor encontrado para esse material foi R$ 3,00 e o maior R$ 4,80 (economia de R$ 1,80).

Na pesquisa sobre “giz de cera e lápis” as variações chegam até 201,2% em alguns itens, a exemplo do lápis hidrocor (caixa com 12 unidades) que pode ser encontrado por R$ 2,49 em uma loja e R$ 7,50 em outra, ou seja, uma diferença de R$ 5,01 entre os estabelecimentos. O lápis hidrocor grosso, caixa também com 12 unidades, custa, em média R$ 11,75, com uma variação de R$1,60. O menor valor encontrado para esse material foi R$ 9,99 e o maior R$ 13,90, o que representa uma economia de R$ 3,91 para o consumidor que comprar no local com menor preço.

Na tabela com informações sobre “massa de modelar, isopor, pincel e tesoura” foi verificado que a folha do isopor grossa custa, em média R$ 9,01, com uma variação de R$ 1,38. O menor valor encontrado para esse material foi R$ 8,25 e o maior R$ 10,50 (economia de R$ 2,25 para o consumidor que comprar no local com menor preço). Com relação à pasta de polionda, tamanho médio, o custo médio é de R$ 2,78, com uma variação de R$ 0,50. O menor valor encontrado desse tipo de material foi R$ 2,20 e o maior R$ 3,10, uma economia de R$ 0,90 para o consumidor que comprar no local com menor preço.

Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.