MPF pede ao TRF5 para Creci-PB suspender contratação de servidores sem concurso

O Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba ajuizou ação civil pública para que o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis da Paraíba (Creci-PB) não contrate servidores sem a realização de concurso público. O pedido foi negado pela Justiça Federal de Primeiro Grau e o MPF informou nesta segunda-feira (4) que recorreu ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região.
O MPF pede que o Creci-PB se abstenha de realizar novas contratações sem concurso, enquanto não for julgada a ação e que sejam declarados nulos os atos de contratação irregulares de servidores, para que sejam definitivamente excluídos do quadro de pessoal do conselho.
De acordo o MPF, entre 2016 e 2018 foram demitidos do Creci-PB cinco funcionários e contratados outros 10 servidores sem a realização de concurso público.






G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.