Hospital de Trauma de João Pessoa lança projeto de acreditação nível 2

Funcionários e diretores do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, participaram na noite da quarta-feira (20), do lançamento do Projeto “Certificado de Acreditação nível 2 – Somos nós que fazemos a diferença”. A instituição já possuí o nível 1, validado pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), sendo considerado o único hospital público do Estado agraciado com o título.

Para conquistar a certificação, o complexo hospitalar passou por uma auditoria externa feita por uma equipe do Instituto de Planejamento e Pesquisa para Acreditação (Ipass), um dos mais importantes órgãos certificadores de padrões de qualidade para instituições de saúde, que avaliou o Hospital de Trauma com foco no paciente e na segurança.

O objetivo da unidade de saúde agora é trabalhar para o nível 2 da Acreditação, em que o hospital terá que apresentar uma gestão integrada, com processos ocorrendo de maneira fluida e plena comunicação entre as atividades.

Segundo o superintendente da Cruz Vermelha Brasileira – filial RS, Milton Pacífico, todos os funcionários estão empenhados na mudança de nível e merecem um voto de louvor, pois sempre estiveram comprometidos em todos os processos da Acreditação. “A grande conquista institucional vem primeiro da crença em Deus, depois da humildade, seguida do reconhecimento de que as vitórias se completam com o trabalho e respeito a todos que para ela contribuem”, ressaltou.

A diretora geral da instituição, Sabrina Bernardes ressaltou que os colaboradores são fundamentais no sucesso dos trabalhos.  “Uma sólida cultura de segurança envolve mais do que remover os perigos e institucionalizar procedimentos de segurança.  As pessoas devem mudar suas atitudes, seus comportamentos e pensamentos e melhorar sua capacidade de compreensão da situação. A gestão da segurança envolve liderança, organização e processos, por isto da importância dos nossos funcionários”, enfatizou.

O diretor administrativo do complexo hospitalar, Sidney Schmid, classifica o projeto de Certificação para o nível 2 de audacioso, mas fácil de ser concretizado com a união dos vários setores do hospital, e sempre em prol da população. “O trabalho que desenvolvemos nessa grande instituição, é sempre voltado para união, o amor e respeito de todos, e com isso vamos conseguir alçar até o último e tão sonhado nível 3”, frisou.

Para a diretora do Núcleo da Qualidade da instituição, Gabriela Gonçalves, a busca da gestão do hospital é sempre promover a melhoria contínua dos serviços oferecidos à população. “A unidade de saúde investiu em prescrição eletrônica, compras de computadores, como também na elaboração de protocolos clínicos de acordo com perfil epidemiológico do hospital, além de análises de risco de eventos que ocorreram dentro do hospital para saber quais são as problemáticas e assim traçar planos de ação para resolução do problema”, frisou.

A superintendente do Ipass, Josiane de Oliveira Vivan, explicou que o Hospital de Trauma é um exemplo de superação. “Em todos os lugares por onde passamos, eu cito a instituição como exemplo a ser seguido, pois ao longo desses seis anos, a unidade de saúde se mostrou aberta as mudanças e transformações que devem ser adotadas ao longo do processo de acreditação, afinal a nossa missão sempre foi promover a melhoria contínua dos serviços de saúde, mediante atividades educativas e de avalição dos processos de assistência e gestão, através de sistema de qualidade”, ressaltou.

Acreditação – Assim como na indústria existe o selo de qualidade da ISO, que demonstra o máximo grau de qualidade nesse setor, para a área da saúde existe o selo de Acreditação Hospitalar, que é um sistema de avaliação e certificação da qualidade de serviços. Significa que o hospital segue padrões internacionais que garantem a qualidade e segurança no atendimento, que vão desde procedimentos na entrada do paciente até sua alta. Ao atendermos a estes padrões de qualidade, fortalecemos a segurança ao paciente, minimizamos os riscos de infecções hospitalares, contribuímos com a redução do tempo de internação e a agilidade no atendimento, dentre outras melhorias.

O Hospital de Trauma possui selo de Acreditação desde 2013, mas o processo foi iniciado no final de 2011, com o recebimento da declaração de diagnóstico organizacional concedida pela ONA e por meio desse relatório foi possível se atingir as metas que o hospital precisaria cumprir para receber o selo. Como a certificação é válida por dois anos, em maio de 2016, o Ipass, reavaliou o hospital e confirmou que a unidade de saúde está adequada com relação à segurança do paciente. O resultado saiu no mês de julho. O próximo passo é Acreditação do nível 2, em que a unidade pretende receber o título pleno.

O selo de qualidade Acreditação não é obrigatório, as instituições buscam voluntariamente. Investir em qualidade e excelência traz inúmeros benefícios para a instituição, além de oferecer um serviço de saúde com mais qualidade, beneficiando os usuários que podem utilizar uma instituição de saúde credenciada e preparada para dar um atendimento equiparado aos grandes centros.

Compartilha via Whatsapp

Sobre TV AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook