Brasileiro vai encerrar 2017 pagando mais imposto que no ano passado

Desde o dia 1º de janeiro que os números de tributos arrecadados, no Brasil, não param de ser computados no Impostômetro da Faculdade UNINASSAU João Pessoa. O equipamento instalado pela Instituição de Ensino Superior (IES), na Avenida Epitácio Pessoa, serve como um painel de transparência para que a população acompanhe os números e exija uma boa gestão desse recurso. No dia 29 de dezembro de 2016, o governo estava com a marca de arrecadação de R$ 2 trilhões, porém, este ano, o brasileiro já pagou mais impostos, uma vez que a marca foi ultrapassada desde o dia 06 de dezembro. 

“Isso demonstra que o governo está mais eficiente em arrecadar. A gente sabe que o estado precisa de recursos para gerir a máquina, então o problema do Brasil não é arrecadação, porque ela é eficiente, apesar de toda a crise e da sonegação fiscal.  O problema está na gestão desse recurso que não atende às expectativas e necessidades da população”, destacou o coordenador de pós-graduação, Wellington Barbosa.

Para se ter uma ideia do que representa essa arrecadação, o brasileiro precisou trabalhar 153 dias só para pagar impostos. Até agora a Paraíba já arrecadou mais de R$ 14 bilhões e João Pessoa, mais de R$ 494 milhões. O impostômetro está na fachada da Faculdade UNINASSAU de João Pessoa, na Avenida Epitácio Pessoa e qualquer pessoa que passa por ali consegue visualizar esses números.

Compartilha via Whatsapp

Sobre TV AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook