Polícias desarticulam organização criminosa responsável por explosão a bancos e homicídios no Sertão da Paraíba

Investigações realizadas pelas Polícias Civil e Militar da Paraíba, por meio da 19ª Delegacia Seccional da cidade de Sousa, resultaram na Operação ‘Família do Crime’. A ação, que teve início nas primeiras horas desta quinta-feira (23), aconteceu na cidade de São José da Lagoa Tapada e teve como objetivo desarticular uma organização criminosa composta por vários membros da mesma família suspeitos de vários crimes na região sertaneja.

De acordo com informações do delegado de Polícia Civil, Silvio Rabello, a operação foi comandada por 50 policiais que cumpriram 10 mandados de prisão e quatro de busca e apreensão.  Ainda foram apreendidas quatro armas e quatro bananas de dinamite, que possivelmente seriam utilizadas para explosões a caixas eletrônicos. A quadrilha é apontada como sendo responsável por vários crimes, dentre eles, explosão de agências bancárias e homicídios.

Ainda de acordo com o delegado, trata-se uma um grupo atuante, perigoso, responsável por uma gama de ações criminosas na região de Sousa. Ainda existe uma suspeita de que o mesmo grupo tenha praticado um incêndio no destacamento da Polícia Militar no município de São José da Lagoa Tapada. A operação foi coordenada pelo delegado Silvio Rabelo e o comandante do 14º BPM, tenente-coronel Jurandy Pereira.

Os presos foram ouvidos e autuados por formação de quadrilha, homicídios, associação criminosa, roubos e explosões a bancos. Todos vão passar por audiência de custódia e permanecem à disposição da Justiça.
Compartilha via Whatsapp

Sobre TV AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook