Polícia finaliza ‘Operação Dragão’ com 40 indiciados e mapeia esquema de tráfico na região de Campina Grande

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de Campina Grande, concluiu na segunda-feira (30) a Operação Dragão, que teve como objetivo a desarticulação e mapeamento do comércio de drogas na cidade e municípios circunvizinhos, resultando no indiciamento de 40 envolvidos na prática desse crime.
A ação policial teve duração de um ano, período no qual foram realizadas 81 prisões de suspeitos de tráfico de drogas, porte e posse de armas, roubos e receptação de veículos. Ainda foi possível realizar a apreensão de mais de 500 quilos de entorpecentes que circulavam na Paraíba, oriundos dos estados do Rio Grande do Norte, Paraná e Mato Grosso e também do Paraguai.
De acordo com o titular da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de Campina Grande, Ramirez São Pedro, as investigações durante um ano, foram importantes para mapear toda a organização criminosa e também qual o papel de cada um dos envolvidos. “O grupo criminoso atuava em todas as frentes: homicídio, crime patrimonial, tráfico de drogas e receptação de veículos roubados. Com um trabalho investigativo minucioso, conseguimos identificar os chefes da quadrilha e ainda como é que ela funcionava”, disse a autoridade policial.
Ainda segundo Ramirez São Pedro, a investigação policial contou com o apoio da Polícia Militar e da Secretaria de Administração Penitenciária. “Esse tipo de investigação representa uma complexidade muito grande. Precisamos trabalhar em conjunto com a Polícia Militar e com os Agentes das Unidades Prisionais. Só a partir disso, conseguimos evitar casos de homicídios e ainda recuperar mais de 30 carros roubados e apreender 25 armas de fogo”, afirmou.
Compartilha via Whatsapp

Sobre TV AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook