Pesquisa da Universidade de Nova York revela que Justin Bieber é o cantor mais popular entre psicopatas

Um estudo realizado pelos pesquisadores Pascal Wallisch e Nicole Leal, da Universidade de Nova York, revelou que o cantor mais popular entre os psicopatas é o canadense Justin Bieber. Segundo o jornal Washington Post, a música "What do You mean", do álbum "Purpose" (2015), é a mais apreciada pelos estudantes com mais altos graus de psicopatia - distúrbio de personalidade caracterizado pela forte tendência manipuladora e pela ausência ou baixo nível de empatia.

Os pesquisadores entregaram questionários a mais de 190 estudantes de psicologia da universidade para medir seu nível de psicopatia. O questionário incluía afirmações como "para mim, o que está certo é o que eu quero" ou "o amor é superestimado". Em seguida, apresentaram a esses mesmos alunos uma longa lista de músicas, que ia desde os compositores clássicos até os 100 mais recentes sucessos do mercado e pediram que eles dessem a elas notas de zero a sete. A maioria das músicas não eram conhecidas pelos alunos.

Cruzando os resultados (e repetindo o teste em direção oposta, apresentando primeiro as músicas e, depois, testando o grau de psicopatia a outro grupo), Wallisch e Leal descobriram as 20 canções mais populares entre os jovens com mais traços de psicopatia - e as 20 menos populares. 

Além de "What do you mean" (vídeo abaixo), o estudo descobriu que "Lose yourself", do rapper Eminem, e "No Diggity", dos Backstreet Boys, estão entre as músicas mais escutadas pelos jovens com alto nível de psicopatia. As menos ouvidas são "Money for nothing", da banda Dire Straits, e "My Sharona", do grupo The Knacks, e a canção country "Wayward Wind".


O motivo da predileção dos jovens não foi esclarecido pela pesquisa, mas agora se sabe que, ao contrário dos estereótipos do cinema, a música clássica parece não ser popular na playlist dos psicopatas do mundo real. "Nos filmes, esse tipo de música é muito usado quando se quer mostrar que um monstro tem um lado humano", diz Pascal Wallisch. De fato, em Laranja Mecânica ouvimos Beethoven, em Silêncio dos Inocentes, Mozart. Na vida real, no entanto, o pop dançante de Justin Bieber acaba de se deitar no divã.

Compartilha via Whatsapp

Sobre Chico Lobo

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.