Governo promove qualificação sobre hanseníase e tuberculose para profissionais de saúde em Patos e Sousa

A Secretaria de Estado da Saúde (Ses), por meio do Núcleo de Doenças Endêmicas, realiza nesta quarta e quinta-feira (29 e 30), oficinas para profissionais de saúde da Atenção Básica, coordenadores da vigilância epidemiológica e apoiadores dos agravos dos municípios, sobre a atualização em tuberculose e hanseníase. A primeira oficina, nesta quarta-feira, será em Patos, no auditório da UFCG, às 13h30, para os profissionais da 3ª Macrorregional de Saúde (6ª, 7ª e 11ª Gerências). No dia 30, será em Sousa, no auditório do Centro de Formação de Professores Governador Antônio Mariz, às 8h30, para os profissionais da 4ª Macrorregional de Saúde (8ª, 9ª e 10ª Gerências).
Simultaneamente, ocorrem oficinas sobre metodologias para o diagnóstico da tuberculose com um profissional do Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba - Lacen - PB, para atualização em Teste Rápido para Tuberculose, direcionado para os coordenadores da Atenção Básica e profissionais de Saúde.
O objetivo é fortalecer as discussões sobre ações e controle das doenças que têm cura. Os casos devem ser notificados e tratados na Atenção Básica.  
Tuberculose – A tuberculose é uma doença infecto-contagiosa causada por uma bactéria que afeta principalmente os pulmões, mas, também pode ocorrer em outros órgãos do corpo, como ossos, rins e meninges (membranas que envolvem o cérebro).

A transmissão da tuberculose é direta, de pessoa a pessoa, portanto, a aglomeração de pessoas é o principal fator de transmissão. A pessoa com tuberculose expele, ao falar, espirrar ou tossir, pequenas gotas de saliva que contêm o agente infeccioso e podem ser aspiradas por outro indivíduo contaminando-o. Má alimentação, falta de higiene, tabagismo, alcoolismo ou qualquer outro fator que gere baixa resistência orgânica também favorece o estabelecimento da tuberculose.
Entre os sintomas, estão: tosse seca contínua no início, depois com presença de secreção por mais de quatro semanas, transformando-se, na maioria das vezes, em uma tosse com pus ou sangue; cansaço excessivo; cansaço excessivo; febre baixa geralmente à tarde; emagrecimento acentuado.
Hanseníase – A hanseníase é uma doença infecciosa e contagiosa causada por um bacilo denominado Mycobacterium leprae. A hanseníase não é hereditária e sua evolução depende de características do sistema imunológico da pessoa que foi infectada. A hanseníase é uma doença de notificação compulsória em todo o território nacional e de investigação obrigatória. Os casos diagnosticados devem ser notificados, utilizando-se a ficha de notificação e investigação do Sistema de Informação de Agravos de Notificação/Investigação.

Os sintomas da hanseníase incluem: sensação de formigamento, fisgadas ou dormência nas extremidades; manchas brancas ou avermelhadas, geralmente com perda da sensibilidade ao calor, frio, dor e tato; áreas da pele aparentemente normais que têm alteração da sensibilidade e da secreção de suor; caroços e placas em qualquer local do corpo; diminuição da força muscular (dificuldade para segurar objetos).

Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.