Gestores do Espírito Santo conhecem Programa do Artesanato da Paraíba

As políticas adotadas pelo Programa do Artesanato da Paraíba (PAP) servirão de referência para gestores do Espírito Santo, que se reuniram nessa segunda-feira (27), em João Pessoa, com a coordenação do PAP para conhecer os mecanismos de funcionamento do Programa, um dos principais geradores de ocupação e renda no Estado.

Na ocasião, foram apresentados pontos como os investimentos realizados, número de artesãos cadastrados e os mecanismos de transparência e democracia.

Para a gestora do PAP, Lu Maia, o interesse de um estado como o Espírito Santo mostra o nível de evolução alcançado pelo Programa do Artesanato da Paraíba. "A visita dos gestores do Espírito Santo ao nosso Estado, com o objetivo de conhecer o funcionamento do PAP, mostra o quanto as políticas adotadas pelo Governo da Paraíba estão no caminho certo, proporcionando geração de renda, dignidade aos nossos artesãos", destacou.

O subsecretário de Cultura do Espírito Santo, Ricardo Pandolfi, destacou que o Programa do Artesanato da Paraíba é referência para todo o Brasil. "O objetivo de nossa visita foi conhecer de perto o funcionamento do PAP e os principais pontos de comercialização. O PAP é uma referência nacional e entender a razão do seu sucesso para adaptá-lo à nossa realidade é um dos desafios de nossa gestão", comentou.

Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.