Conferência de Promoção da Igualdade Racial começa nesta sexta-feira

O historiador e consultor de Políticas para Igualdade Racial, Lindivaldo Oliveira Júnior, abre a IV Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial na Paraíba (Coepir), que começa nesta sexta-feira (24), às 19h, e termina no sábado (25), no auditório da Escola Técnica Estadual pastor João Filho, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

Com o tema A Paraíba na década dos Afrodescendentes: reconhecimento, justiça e desenvolvimento, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana e da Comissão Organizadora, prestará uma homenagem especial a Dom José Maria Pires, arcebispo emérito da Paraíba, falecido este ano, conhecido como Dom Zumbi.

A abertura da conferência contará também com a presença do representante do Conselho Nacional de Políticas para Igualdade Racial, Nuno Coelho. Já o palestrante Lindivaldo Oliveira Júnior trabalhou na Fundação Palmares e já foi membro da Secretaria de Políticas de Igualdade Racial, em Brasília.
Para o evento, estão sendo esperadas delegações de quilombolas, povos de religiões de matriz africana e da população negra em geral vindas de várias regiões do Estado. Também participarão representantes de indígenas das etnias Potiguar e Tabajara, além de ciganos.

Para a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares, este é um momento importante de discussão de políticas públicas voltadas para a questão étnico-racial. “É necessário sempre o debate para podermos avaliar o que tem sido feito e pensar que rumo tomaremos nesse contexto em que o país se encontra”, afirma Gilberta.
Ela também considera justa a homenagem ao “Dom Zumbi” e diz que ele “deixou um legado na Paraíba em relação ao respeito e inclusão da diversidade racial, tanto no âmbito da igreja quanto no aspecto das políticas públicas”. Dom José era mineiro, mas viveu na Paraíba entre os anos de 1996 e 1995, enquanto esteve à frente da Igreja Católica.


Mais de 15 municípios paraibanos realizaram, neste ano, as conferências municipais, das quais, foram escolhidos delegados e delegadas de órgãos governamentais e da sociedade civil organizada.    O credenciamento dos participantes começa às 15 horas da sexta feira. Haverá 30 vagas para as pessoas que quiserem participar como observadoras (sem direito a hospedagem e alimentação), cujo critério é a ordem de chegada após o início do horário marcado para credenciar.
As propostas elaboradas nas etapas locais serão apresentadas e discutidas em grupos de trabalho – que terão temas específicos -  e também nas plenárias. No final da conferência, sábado à tarde, será escolhida a delegação que vai representar a Paraíba na Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial, em Brasília, próximo ano.


Saiba mais:

O que: IV Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial

Quando: 24 e 25 de novembro de 2017
               Cerimônia de abertura na sexta, 24, às 19h

Onde: Escola Cidadã Integral Técnica Pastor João Filho
           Av. Hilton Souto Maior, S/N -  Mangabeira

Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.