SMS inicia Campanha de Vacinação Antirrábica com postos itinerantes

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de João Pessoa inicia nesta quarta-feira (11) a Campanha de Vacinação Antirrábica 2017 com o objetivo de prevenir e controlar a raiva animal na Capital. Até o final do mês haverá postos itinerantes distribuídos pela cidade para vacinar cães e gatos a partir dos três meses de vida. No sábado (21) será realizado o Dia D da Campanha, com aproximadamente 200 postos de vacinação.

Para este ano, a meta é imunizar 80% da população de cães da Capital, que atualmente é estimada em 80 mil cães, devendo ser vacinados 64 mil. O Ministério da Saúde não estabelece uma meta para a imunização dos gatos, mas ao todo, deverão ser vacinados 70 mil animais, entre caninos e felinos. A campanha segue até o dia 31 de outubro.

De acordo com Nilton Guedes, gerente de Vigilância Ambiental da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), os postos móveis passarão pelas áreas da cidade com maior população estimada de cães e gatos. “É muito importante os guardiões que moram nos bairros por onde passarão os postos itinerantes levarem seus animais para serem vacinados durante a campanha. Assim, não haverá uma quantidade tão grande no Dia D”, afirmou. Os postos funcionarão das 8h às 12h, de acordo com o calendário a ser divulgado semanalmente.

Durante toda a campanha, a população poderá levar seus cães e gatos para serem vacinados também no Centro de Vigilância Ambiental e Zoonoses (Cvaz). O horário para vacinação no Centro de Vigilância Ambiental e Zoonoses será das 8h às 17h. O Cvaz fica localizado na Avenida Walfredo Macêdo Brandão, nº 100, Jardim Cidade Universitária.

Ainda de acordo com o gerente, o animal precisa ser vacinado anualmente. Porém, aqueles que ainda receberão a primeira dose deverão tomar a segunda dose após 30 dias. Ele alerta também para a contraindicação. “Se o animal estiver debilitado não deverá receber a vacina, mas isso será avaliado pela equipe no momento da vacinação e, após o reestabelecimento do animal, ele poderá ser vacinado”, explicou.
O proprietário deve levar o cartão de imunização do animal, mas aqueles que não tiverem o cartão também receberão o comprovante de vacinação. “É fundamental lembrar que aqueles que forem imunizados durante a campanha não precisarão retornar no Dia D”, destacou.

Raiva animal – A raiva animal é uma doença causada por um vírus. Ela ataca diversos animais, e também o homem. Quase 100% das pessoas que adquirem a doença chegam ao óbito. O cão, o gato e o morcego são os principais transmissores da raiva em áreas urbanas.

Quando uma pessoa é agredida por um animal, a exemplo do cão, gato, morcego ou sagüi, é importante lavar bem a ferida, com bastante água e sabão amarelo e procurar imediatamente uma unidade de saúde. A recomendação é não matar o animal e pedir orientação ao Centro de Vigilância Ambiental e Zoonoses (Cvaz) de João Pessoa, através dos telefones 3218-9357 ou 3214-3459.

Postos Itinerantes:
Quarta-feira (11/10)                                  
Associação Ilha do Bispo – Avenida Redenção, s/n, Ilha do Bispo.
Praça da Conquista – Padre Zé
Centro de Cidadania Mandacaru – Rua João de Brito Lima Moura, Mandacaru

Sexta-feira (13/10)
Associação Colinas – Rua Projetada, s/n, Colinas do Sul
Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.