Quinteto Uirapuru é a atração do projeto Pólvora Cultural neste domingo

A música instrumental volta ao palco do projeto Pólvora Cultural. O Quinteto Uirapuru, que se destaca pela qualidade e versatilidade em suas apresentações, marcadas pela ênfase à música brasileira. O grupo se apresenta neste domingo (22), a partir das 16h, no Centro Cultural Casa da Pólvora. O projeto é promovido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) por meio de sua Fundação Cultural (Funjope). A entrada é gratuita.

Com 15 anos de estrada, o Quinteto Uirapuru é formado por Rucker Bezerra (1º violino), Rodrigo Eloy (2º violino), Paulo França (viola), Leonardo Semensatto (violoncelo) e Hercílio Antunes (contrabaixo), e nesta apresentação vai priorizar a música paraibana, com composições de Rucker Bezerra, Hercílio Antunes, Rodrigo Eloy, integrantes do grupo, além de Geraldo Vandré, Sivuca e Glória Gadelha.

Para Rucker Bezerra, 1º violino do Quinteto, o Pólvora Cultural dá visibilidade à música produzida na Paraíba. O músico disse que “é  importante que apareçam projetos como este para circulação da música paraibana, em destaque para musica instrumental. O pôr do sol na Casa da Pólvora já é conhecido do público pessoense, então será um prazer tocar neste cartão-postal de João Pessoa”.

O Quinteto Uirapuru foi criado em 2002 e neste mesmo ano foi selecionado para se apresentar para o príncipe da Dinamarca, Friedrich II, na primeira exposição das obras de Albert Eckhout no Brasil. Lançou os CDs, “La em Casa” (2003) e “Sivuca e Quinteto Uirapuru” (2004). Ainda em 2004 participou do espetáculo de ballet “Luz”, no qual executou ao vivo a trilha sonora composta por Rucker Bezerra.

Em 2005, foi indicado ao Prêmio Tim, concorrendo em quatro categorias e vencendo como ‘Melhor Arranjo’. Agora em 2017, o Quinteto lançou o projeto “Ninho Uirapuru”, como objetivo convidar compositores nordestinos para participação especial nas suas apresentações. O primeiro convidado foi Jonathas Falcão, da banda Seu Pereira. O Quinteto Uirapuru prepara um novo CD autoral que deve ser lançado ainda este ano.

O projeto – O Pólvora Cultural tem o objetivo de dar prosseguimento a política de ocupação ordenada e responsável do Centro Histórico, levando vida social e econômica para o local, e de expandir o mercado de trabalho para os artistas locais, que se apresentam todos os domingos no Centro Cultural Casa da Pólvora, a partir das 16h. A atração do próximo domingo (29) será o grupo Reduto do Samba.

Serviço
Pólvora Cultural
Atração: Quinteto Uirapuru
Local: Centro Cultural Casa da Pólvora (Ladeira de São Francisco, s/n – Centro)
Dia: Domingo (22)
Hora: 16h
Entrada gratuita

Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.