Programas da PMJP garantem um futuro melhor para crianças da Capital

“Não fosse esse apartamento que ganhamos da Prefeitura, que graça teria o Dia das Crianças com meus filhos vivendo nas condições que a gente vivia lá na Capadócia, num barraco que quando chovia alagava tudo? Eu ainda tenho outro filho que tem necessidades especiais”, desabafa a dona de casa Lilian Lima. “Aqui sim, eu sei que posso lutar pelo futuro deles”, ressaltou a mãe do pequeno Paolo Anderson, de dois meses, e do Hercules dos Santos, de seis anos, durante a comemoração do Dia das Crianças no Residencial Vista Alegre, no bairro Colinas do Sul.

Ela é uma das 760 pessoas beneficiadas com o empreendimento habitacional entregue pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), em agosto deste ano. Os imóveis representam o início de uma vida nova para muitas famílias, que podem planejar o futuro dos filhos a partir de um lugar com estrutura e conforto. “O presente maior do Paolo e do Hercules foi esse apartamento, digo isso sempre. O Paolo mesmo, que já nasceu aqui, é como se o Dia das Crianças simbolizasse tudo”, confidenciou Lilian Lima.

O futuro do Paolo e de milhares de crianças passa pela garantia de condições básicas de se viver com dignidade – a moradia é parte delas. Até o final de outubro, mês das crianças, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) vai superar a marca de seis mil apartamentos entregues à população quando o prefeito Luciano Cartaxo entregar mais 432 apartamentos, desta vez no Residencial Colinas de Gramame.

 “A moradia significa muito na vida de uma família. É a partir dela que se pode planejar o futuro. O prefeito Luciano Cartaxo vem possibilitando essa condição para milhares de famílias da nossa cidade. Além disso, a Prefeitura realiza ações de congraçamento, saúde, educação e cultura, para que os moradores possam ter um bom convívio social!”, disse a secretária de Habitação de João Pessoa, Socorro Gadelha.

Educação e esporte - Além da moradia, as crianças da Capital também podem sonhar com um futuro melhor. Atualmente, João Pessoa possui 98 escolas, 19 escolas delas funcionam em tempo integral. Além de estudo, nas unidades os alunos participam de atividades extracurriculares e recebem três refeições diárias. As escolas em tempo integral são compostas por ginásio poliesportivo, instalação de rampa de acessibilidade com corrimão, cozinha industrial, banheiros com instalação de escovódromo, salas de aula, robótica, laboratórios de Informática e de Ciências, biblioteca e sala de estudo, auditório e sala multimídia.

Já os 85 Centros de Referência em Educação Infantil (Creis), oferecem as crianças alimentação saudável com cinco refeições e um cardápio rico em frutas, legumes e verduras. Além do ensino de qualidade, elas têm contato com a música a partir dos 6 meses de idade, estimulando assim o desenvolvimento neurológico. Este tipo de arte estimula áreas neuronais que serão trabalhadas futuramente em outras funções – como nos cálculos matemáticos ou na leitura de textos.

No entanto, os investimentos não se limitam à habitação e educação. No esporte, a aposta é formar campeões e cidadãos. O ‘Abraçando o Esporte’, projeto colocado em prática pela Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), atende 500 crianças na faixa dos sete aos 16 anos de idade. Funciona em dois pólos – Centro Administrativo Municipal, em Água Fria – oferecendo aulas gratuitas de ginástica rítmica, ginástica artística, natação e judô -, e em Mangabeira, no Ginásio Hermes Taurino, com aulas de futsal, vôlei, handebol e judô.

No Centro de Treinamentos Ivan Tomaz, no bairro do Valentina, estão sendo retomadas as aulas de futebol gratuitas do Projeto Esportivo Social Educacional (Pese), para crianças na faixa etária dos 9 aos 14 anos. O projeto já vem sendo desenvolvido pela Secretaria de Juventude, Esporte e Educação (Sejer) desde 2013, contribuindo para a formação cidadã e esportiva das cerca de 200 crianças atendidas.

Já o Skate na Base atende crianças dos bairros do Rangel e Mangabeira com aulas de skate gratuitas. É colocado em prática com o objetivo de promover a inclusão social de crianças e adolescentes, por meio da Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer).
Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.