Professores da Rede Estadual podem se cadastrar na Nova Plataforma Freire para participação em cursos

Os professores da rede estadual já podem acessar a nova Plataforma Freire para realizar o cadastro do seu currículo e solicitar vaga nos cursos oferecidos pela Capes, na nova Plataforma Freire. A nova Plataforma Freire pode ser acessada pelo link https://freire2.capes.gov.br. Trata-se de um novo sistema, por isso, a Secretaria de Estado da Educação (SEE) enfatiza que os professores, mesmo que já tenham inscrição na plataforma antiga, devem realizar a inscrição na nova plataforma.

Nesta edição da Plataforma Freire, apenas professores em exercício na rede pública de Educação Básica poderão solicitar vaga. Em caso de dúvidas e para mais informações, os professores devem encaminhar um e-mail para: freire@capes.gov.br ou ligar para o número 0800616161, escolhendo a opção 7.
Os cadastros dos currículos e solicitação de vaga pelos professores deverão acontecer até o dia 1º de dezembro e a análise, pela SEE, das vagas solicitadas acontecerá de 13 de novembro a 15 de dezembro de 2017.
Os cursos que serão disponibilizados nessa primeira edição da Plataforma Freire são os seguintes: Primeira licenciatura em diferentes áreas para professores que não possuem graduação em licenciatura na área/disciplina em que atuam em sala de aula;        Especialização em Educação infantil para os professores com formação superior que atuam nessa etapa da educação; Especialização em Alfabetização para os professores com formação superior que atuam nas séries iniciais; Especialização em Matemática e Língua Portuguesa para os professores que atuam nas séries iniciais; Especialização em Matemática para professores, com formação superior, que lecionam Matemática nos anos finais do Fundamental; Especialização em Língua Portuguesa para professores com formação superior, que lecionam Língua Portuguesa para os anos finais do Fundamental.
O sistema da Plataforma Freire visa atender a estratégia 15.4 do Plano Nacional de Educação (PNE), por isso o sistema está organizado para ser uma base de dados e de informações sobre os professores da Educação Básica, gestores educacionais, bem como de toda a comunidade acadêmica que atua com formação de professores e poderá ser utilizado pelas Secretarias de Educação no planejamento de suas políticas locais e pela Capes, na gestão e acompanhamento da demanda por formação inicial e continuada de professores da Educação Básica.
Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.