Prefeito entrega casa de acolhida e garante cuidado com crianças vítimas de violação de direitos

Crianças em situação de vulnerabilidade social, vítimas de violência física ou sexual, ou abandonadas pelos pais ganharam um novo lar da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), onde serão cuidadas provisoriamente enquanto é realizado um trabalho de reinserção familiar ou processo de adoção. Na manhã desta quarta-feira, o prefeito Luciano Cartaxo entregou a nova casa Lar da Criança Jesus de Nazaré, no bairro dos Ipês, e destacou a atenção e o cuidado da gestão municipal com as crianças, gerando oportunidades para que todas tenham chances de um futuro melhor e mais promissor.

O novo lar recebe crianças encaminhadas através das varas da Infância, do Ministério Público e dos Conselhos Tutelares, para permanecerem acolhidas pela Prefeitura até que a Justiça determine o encaminhamento mais adequado. A nova sede possui espaço para lazer, piscina, churrasqueira, gramado para campo de futebol, brinquedoteca, sala para a equipe técnica, coordenação, lavanderia, sala de TV, sala de estudos, refeitório, e cozinha. A unidade dispõe, ainda, de quatro dormitórios, sendo dois destinados aos meninos, um para meninas e um berçário.

“É um momento muito especial que demonstra nossa capacidade de cuidar das nossas crianças, proteger nossas famílias, estabelecer parcerias importantes com o Ministério Público, Conselhos Tutelares, com a Justiça de uma forma geral, no sentido de permitir que as crianças que estão em situação de vulnerabilidade social, que tenham algum problema de conflito familiar, possam ser atendidas, transformar isso aqui em um verdadeiro lar, para que depois a gente possa fazer um trabalho de reinserção familiar. Esse é o desafio colocado para todos e nós fazemos nossa parte, oferecendo as melhores condições para nossos profissionais e para as crianças”, declarou o prefeito Luciano Cartaxo.

Cuidadas no Lar, as crianças têm garantida a rotina normal, inclusive com acesso às aulas regulares na Rede Municipal de Ensino ou Centros de Referência em Educação Infantil (CREI). Além disso, demais serviços oferecidos pela Prefeitura Municipal também chegam não só a elas (crianças), mas também às suas famílias, através dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), para contribuir no trabalho de reinserção e transformação social. Elas também têm aulas de reforço, natação e adotam uma horta, para estimular o cuidado com o meio ambiente, através da hortoterapia.

A solenidade de entrega contou com a presença do vice-prefeito, Manoel Junior, auxiliares da gestão municipal, como o secretário de Desenvolvimento Social (pasta responsável pela administração da Casa), Eduardo Pedrosa, do promotor da Infância e Juventude, Alley Escorel, e do juiz titular da 1ª Vara da Infância e Juventude de João Pessoa, Adhailton Lacet, além da coordenadora da unidade de acolhimento, Michele Madruga, conselheiros tutelares, entre outros.

Exemplo para o país – O juiz da Infância, Adhailton Lacet, que também é vice-presidente do Colégio de Coordenadores da Infância e da Juventude dos Tribunais de Justiça do Brasil, afirmou que a Capital paraibana serve de exemplo para todo o país na forma como devem ser tratadas as crianças vítimas de violação dos direitos. “Quando a gente vê uma casa como esta, com toda esta estrutura, ficamos muito felizes de saber do cuidado que está sendo oferecido a elas. Levarei fotos daqui e mostrarei como a Prefeitura de João Pessoa serve de exemplo, sobre como devem ser tratadas as crianças. Se não estamos em primeiro lugar no país, com certeza chegaremos a isso”, declarou.

O promotor Alley Escorel destacou o diálogo da Prefeitura de João Pessoa com o Ministério Público e da importância desta nova estrutura para cuidar das crianças. “Eram crianças que estavam à margem da sociedade, às vezes invisíveis, e que a gente dá visibilidade a elas, cuida do presente para que elas possam ter futuro. Estou muito feliz de ver mais uma casa e perceber que é através deste diálogo que a gente está conseguindo avançar com relação a essa dívida histórica que tínhamos, mas que estamos minimizando”, afirmou.

O conselheiro tutelar, Josivaldo Gomes, agradeceu ao prefeito e disse que é testemunha dos avanços na área social na Capital. “Sou conselheiro desde 2011 e posso testemunhar o investimento que Luciano Cartaxo faz na área da infância e juventude. Porque agora investimento não é falácia, são políticas públicas colocadas na prática com creches, escolas, áreas de lazer e convivência, com cultura. A rede toda se articula e aqui também nesta casa, elas têm proteção integral da Prefeitura”, disse.

Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.