Polícia prende suspeito de matar primo no município de Alcantil

Policiais civis da 11ª Delegacia Seccional de Queimadas, por meio do Núcleo de Homicídios da cidade, prenderam em flagrante delito, nessa quarta feira (25), Manoel Messias da Silva, pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. A prisão aconteceu durante os levantamentos que investigavam o homicídio do mecânico Inácio Sebastião Neto, 47 anos, assassinado no dia 21 de outubro desse ano.

Manoel Messias é apontado como autor do crime que aconteceu no Sítio Tavares, zona rural de Alcantil, no Cariri paraibano. De acordo com testemunhas, a vítima, que trabalhava na cidade de Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco, estava na casa de parentes e teria se desentendido com um primo que, durante a discussão, teria sacado uma arma e disparado contra Manoel Messias. Ele também teria ferido a vítima com golpes de faca. Depois de cometer o crime, o acusado fugiu. O mecânico morreu no local.

As características do responsável pelo homicídio foram repassadas aos policiais que realizaram buscas na localidade, mas não conseguiram encontrar o suspeito. Agora, Manoel Messias foi preso na casa dele. Durante o interrogatório, ele confessou o crime e afirmou que a arma apreendida em sua residência foi a usada para cometer o homicídio. Manoel Messias disse que o crime foi motivado por uma discussão banal. Com o caso esclarecido, o delegado Danilo Orengo encaminhou o preso para a audiência de custódia. 

Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.