Pessoenses aproveitam espaços públicos e projetos da PMJP para cuidar do corpo

Iniciar uma atividade física, a prática de algum esporte, não é necessariamente uma decisão muito fácil - existem fatores que pesam na hora de colocar o corpo em movimento. A dica mais importante é, antes de tudo, consultar um bom especialista, para conhecer os próprios limites e não colocar a saúde em risco. Superada essa etapa, é escolher alguma modalidade, de preferência, combinada com hábitos saudáveis.

Os benefícios são enormes. “Minha vida é dedicada a prática de atividades físicas”, desabafa a aposentada Expedita da Silva, que mora no Valentina Figueiredo e se exercita todos os dias na Praça do Coqueiral, em Mangabeira. “Superei até os traumas de um AVC, porque eu nunca larguei os exercícios. Me sinto bem com meu corpo”, complementa.

Assim como Expedita da Silva, o aposentado Severino Francisco da Silva, utiliza o mesmo espaço para ficar em dia com a saúde. Com uma diferença: ele inicia as atividades enfrentando um percurso de bicicleta que vai do bairro de Quadramares até Mangabeira. “Quando chego aqui, eu faço os exercícios nos aparelhos, para mexer com todas as partes do meu corpo”, explica o aposentado.

Já a maneira encontrada pelo também aposentado Gumercindo Gomes para se exercitar e cuidar do corpo foi caminhar. O local, a ciclovia da Avenida Hilton Souto Maior, que liga o bairro do José Américo ao de Mangabeira. “Não tem desculpa para não fazer exercício, eu acho assim. Eu mesmo caminho aqui todos os dias, mais um monte de gente. Tem o pessoal das bicicletas, que respeitam o nosso espaço. Me faz muito bem”, completou.

João Pessoa conta com uma população de 811 mil habitantes - 13% desse total são idosos, de acordo com último senso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Encontrar idosos se exercitando nos espaços públicos da cidade é muito comum. “Todos em busca de qualidade de vida”, afirma Ellen Corrêa, coordenadora do projeto João Pessoa Vida Saudável, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

“A gente identifica a melhoria da qualidade de vida das pessoas através da prática regular das atividades físicas, diminuindo o sedentarismo, doenças como diabetes, cardiopatia. Para participar é só querer, ter força de vontade, que a gente vai monitorando os índices, oferecendo as orientações e auxiliando nos exercícios”, disse.

O projeto atualmente é realizado em 23 praças, que estão localizadas nos cinco Distritos Sanitários da cidade, além de seis Unidades de Saúde da Família (USF), Clube da Pessoa Idosa e no Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil Cirandar (CAPSI). As atividades são abertas ao público onde participam pessoas de todas as faixas etárias.

Outro projeto mantido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), com o objetivo de proporcionar mais qualidade de vida através da prática de exercícios é o Vivendo em Movimento, que funciona todas segundas, quartas e sextas, de manhã e de tarde, na Associação dos Moradores de Mangabeira VII. “O objetivo é proporcionar uma vida mais funcional para as pessoas, a partir dos 18 anos”, explica Anderson Karlos de Luna, educador físico, ressaltando que as atividades podem substituir alguns exercícios feitos em academias fechadas.

“A academia é mais um tipo de musculação, utilizando pesos, barras, alteres. Nossas atividades têm o caráter de treinamento funcional, com exercícios aeróbicos, com o uso do próprio corpo, que proporciona a queima de gordura e o emagrecimento”, concluiu.

Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.