Pedro: é patético assistir debate tolo enquanto 3 milhões de jovens deixarão ensino médio

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) usou a tribuna, nesta terça-feira, (17) para dizer que o brasileiro não suporta mais ficar assistindo a “cena patética e ridícula” dos parlamentares debatendo assuntos tolos que só interessam a eles. Afirmou que cenas como aquelas distanciam cada vez mais a classe política do povo e pediu aos colegas para parar de debater assuntos sem importância e tratar temas de interesse do Brasil, como a educação.

O tucano levou números do estudo Políticas Públicas para Redução do Abandono e Evasão Escolar de Jovens, elaborado pelo Ensino Superior em Negócios, Direito e Engenharia (Insper). Os dados apontam que até o final do ano um em cada quatro jovens vai abandonar a escola. “Até o final do ano são três milhões de jovens brasileiros que vão deixar o ensino médio. É um quarto do nosso futuro que está sendo jogado no lixo”, destacou

Pedro pediu para que em vez de os parlamentares do PT ficarem falando reiteradamente de golpe na tribuna, tirassem 10 minutos, lessem a carta de Palocci e depois iniciassem um debate sobre a educação. “Vamos debater a evasão escolar, tentar entender por que o PT passou mais de 10 anos no Poder, triplicou o orçamento da educação e não conseguiu minimamente melhorar o resultado do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes. Não só o PT, mas da mesma forma outros partidos, inclusive, o PSDB, o PP, o PMDB”, ressaltou.

Por fim, Pedro defendeu que os deputados deveriam discutir qual é o plano para a educação para daqui a 10 anos, 20 e 30 anos. “O que vamos fazer com o nosso País? Vamos ficar assistindo essa disputa de poder e cada um que puxe o outro mais para baixo, achando que existe glória em ser menos errado? Ou vamos conseguir projetar algum futuro para essa Nação? Então, deixo aqui este dado: um quarto da juventude do nosso País está saindo da escola e nós sequer falamos disso”, disse.


Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.