Mais de 40 cães do Bope são treinados para atuar em operações de fim de ano na PB

Mais de 40 cães do canil do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar passam por treinamento durante o mês de outubro para atuar nas operações de fim ano na Paraíba. No total, vão ser utilizados 42 animais, que podem atuar na patrulha e no farejamento de drogas.
O treinamento é feito por meio da simulação de situações de abordagem policial. “O cão policial faz a vistoria do veículo e do suspeito e em seguida faz a varredura com o faro”, explica o tenente Sobral. O condicionamento do animal é feito por meio da recompensa, onde o cão associa o cheiro dos entorpecentes a um brinquedo ou a troca por um petisco, por exemplo.
Segundo o comandante do canil, capitão Deuslânio Menezes, o uso dos animais nos pontos de bloqueio e nas abordagens facilita o trabalho dos policiais. “Esse é o diferencial do cão, ele encontra objetos ilícitos através do faro. Geralmente, nas operações que contam com o auxílio dos cães, os policiais chegam a encontrar quantidades maiores de drogas”, explica.

Os labradores e os cães de pastoreio são os mais utilizados no trabalho da polícia. Os animais atuam nos batalhões de Cabedelo, Campina Grande e Cajazeiras. Eles recebem acompanhamento veterinário e também fazem uma dieta específica para manter o condicionamento físico e a saúde.

Para os policiais, além da ajuda profissional, também fica a companhia e o vínculo criado com os animais. “Eu peguei para treinar o meu cachorro com 60 dias, agora ele vai fazer um ano. Então são mais de dez meses e cria esse vínculo de amizade muito grande. Bate até saudade, quando passa uns dias de férias eu vou até o canil e pego para dar um passeio com ele”, diz o cabo David.
Além do treinamento para abordagens, parte dos animais também são treinados para ajudar no tratamento de crianças autistas em João Pessoa, por meio da cinoterapia. A ação social faz parte de um projeto em parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e beneficia 20 crianças na capital paraibana.


G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.