Insegurança faz escola fechar às portas e vereador diz que João Pessoa vive surto de crimes

O retrato da insegurança urbana atinge, mais uma vez, a educação de crianças e adolescentes em João Pessoa. Nesta terça-feira (17), o vereador Damásio Franca (PP) lamentou o fechamento da escola Viva Vida, localizada no Bairro dos Estados, na Capital, por conta da insegurança na área.

“A segurança de João Pessoa está um pesadelo. É lamentável a gente ver uma escola tradicional ter suas atividades encerradas devido à insegurança. O bairro dos Estados, ou melhor, todos os bairros da capital estão tendo um surto de assaltos e o Governo do Estado pouco tem feito para barrar esse índice que só aumenta. Tem que haver uma ação emergencial para prender os criminosos”, falou vereador na Câmara Municipal de João Pessoa.

O estopim para o encerramento das atividades após 20 anos de prestação de serviço à educação pessoense se deu, principalmente, após a morte do segurança da escola, Fábio Alves de Lima, de 38 anos, baleado por assaltantes ao tentar impedir o roubo de uma mãe que estava com uma aluna em setembro deste ano.

Em comunicado enviado aos pais dos alunos nessa segunda-feira (16), lido pelo vereador durante pronunciamento na CMJP, a instituição disse que “infelizmente, neste ano de 2017, tivemos um acontecimento que nos fez repensar o nosso caminhar e devido à falta de segurança pública, aliado a outros fatores, decidimos não renovar as matrículas para 2018”.

Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.