Governo da Paraíba abre 2ª etapa da vacinação contra a febre aftosa na próxima quarta-feira

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, com participação da Gestão Unificada, abrirá na próxima no dia 1º de novembro a segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa. O lançamento da campanha acontecerá às 9h, na Estação Experimental da Emepa em Umbuzeiro.
A campanha será executada pelos técnicos da Defesa Agropecuária com participação dos técnicos da Emater/PB, Deverão ser vacinados cerca de 1,3 milhão cabeças de gado, entre bovinos e bubalinos, durante o mês de novembro.
O secretário da Sedap, Rômulo Montenegro, solicita o apoio e a mobilização dos criadores, a fim de chegar ao final da campanha, no dia 30 de novembro, com 100% de cobertura vacinal.
A campanha terá início em todo país sob a coordenação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e com a participação dos serviços veterinários estaduais e do setor agroprodutivo.
“O país segue na luta contra a febre aftosa em busca ficar livre da doença. A Paraiba é um dos estados que possui certificação de Área Livre de Febre Aftosa com Vacinação, sendo um dos estados pioneiros no combate à enfermidade. O Governo por meio da Sedap atua para assegurar a sanidade do rebanho, e é responsável por conduzir uma política de saúde animal no estado através de ações essenciais junto à Defesa Agropecuária a fim de ampliar a possibilidade de liberação da vacinação total do rebanho no Estado, e a colaboração dos criadores será essencial para conseguirmos esse feito”, disse o secretário.
O Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA) tem como estratégia principal a implantação progressiva e manutenção de zonas livres da doença, de acordo com as diretrizes estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).
Serviço

A Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa na Paraíba acontece em duas etapas:

1ª Etapa: 1° a 31 de maio para todo o rebanho bovino e bubalino.

2ª Etapa: 1° a 30 de novembro para o rebanho bovino e bubalino com idade de 0 a 24 meses.

Operação:
A Gerencia da Defesa Agropecuária do Estado (Geda) indica a seguinte prática sobre a vacinação:
- Adquirir quantitativo de doses de vacinas compatível com o rebanho a ser vacinado;
- Adquirir vacinas em Casas Revendedoras de Produtos veterinários cadastradas no Estado;
- Vacinar os animais conforme indicação técnica (dose, agulha, local de aplicação, sem estresse, etc.);
- Após a vacinação e de posse do Cupom Fiscal e listagem dos animais vacinados por sexo e faixa etária fazer a Declaração obrigatória em um dos escritórios da Geda, Emater e Ulsaves;
- Lembrar que apenas vacinar os animais não oficializa a vacinação. É necessária e obrigatória a Declaração para que o cadastro fique liberado para que os animais circular dentro e fora do Estado. Liberados com Guia de Trânsito Animal (GTA),
- O procedimento é o mesmo para a vacinação dos animais com idade até 24 meses;
- Declarar a vacinação nos escritórios mais próximo, lembrando que aquele criador que não possuir animais abaixo de 24 meses, devem declarar todos os animais existentes em suas propriedades.

Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.