Câmara 70 anos: cidadania e corrupção são temas de palestra

'O Exercício da Cidadania e o Combate à Corrupção' foi o tema da palestra ministrada na manhã desta sexta-feira (6), no plenário da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). A apresentação foi conduzida pela contadora Maria Clara Cavalcanti Bugarim, responsável por colocar o estado de Alagoas em primeiro lugar no ranking de transparência pública do país. A palestra fez parte do ciclo 'Câmara Aberta: diálogos da democracia', que integra a programação que comemora os 70 anos da Casa Napoleão Laureano.

O presidente da Casa, vereador Marcos Vinícius (PSDB), afirmou que o Legislativo Municipal dá um salto de qualidade com a promoção dos debates propostos em comemoração aos 70 anos de reinstalação da CMJP. “Maria Clara veio compartilhar conosco o imenso conhecimento que ela tem com relação a esse tema tão importante que é a transparência pública. Os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário precisam estar atentos aos avanços exigidos nessa área e é isso que estamos buscando”, garantiu.

A convidada abriu a palestra parabenizando a Mesa Diretora pela lucidez de trazer para o debate um tema tão importante quanto a corrupção. “Essa grande mazela não é privilégio do nosso país, é na verdade o grande mal da humanidade. Mas, infelizmente, o Brasil não ocupa uma posição confortável no ranking mundial, estamos na 79ª posição, e precisamos debater sobre os caminhos possíveis para mudar essa realidade”, defendeu.

Maria Clara revelou que a população brasileira já aponta a corrupção como o maior problema a ser sanado no país. “Anualmente, a Folha de São Paulo realiza pesquisa para averiguar o que os brasileiros identificam como o maior problema do país. Em anos anteriores, temas como segurança, saúde e educação figuravam em primeiro lugar, agora é a corrupção”, informou.

Ela ainda apontou o fortalecimento das instâncias de controle interno, externo e social como passo fundamental para combater a corrupção. “Precisamos despertar a sociedade para o exercício do controle social. É ele que possibilita que a população entenda a força que tem para virar o jogo e construir um país melhor”, enfatizou.

“Para isso, temos que ter transparência em todas as esferas de poder. A informação é a grande moeda do país, é necessário ter acesso às informações para poder ajudar o Brasil a mudar. Somos de uma geração na qual o sigilo é uma regra, e nós temos que mudar isso. O sigilo deve ser uma exceção”, concluiu.

A contadora também chamou atenção para os pequenos atos de corrupção cometidos diariamente pelos cidadãos. “É através de pequenas corrupções que nós estamos criando uma sociedade de inconformidades. Precisamos fazer o nosso dever de casa e começarmos a mudar isso no nosso dia a dia”, alertou.

Ao final da apresentação, Maria Clara Cavalcanti Bugarim recebeu o certificado de participação

como palestrante nas comemorações dos 70 anos da CMJP das mãos do presidente da Casa, Marcos Vinícius. O encontro foi conduzido pelo vereador Marcos Henriques (PT) e secretariado por João dos Santos. Também estavam presentes a vereadora Raíssa Lacerda (PSD) e os vereadores Bispo José Luiz (PRB), Carlão (PSDC), Leo Bezerra e Tibério Limeira, ambos do PSB.

Maria Clara Cavalcanti Bugarim foi a primeira mulher na história do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) a assumir a presidência da entidade (por duas vezes seguidas, em 2006 e 2008); é a atual presidente da Academia Brasileira de Ciências Contábeis (Abracicon) e controladora-geral do Estado de Alagoas.
Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.