Benjamin destina mais de R$ 9,5 milhões em emendas para agricultores paraibanos

O fortalecimento da agricultura é uma prioridade do mandato do deputado federal Benjamin Maranhão (SD). Para o setor, na Paraíba, ele já destinou R$ 9.523.195,00 em emendas, voltados para compra de maquinário, equipamentos, perfuração de poços, entre outras ações. O parlamentar aproveitou o Dia da Agricultura, comemorado nesta terça-feira (17), para prestar contas das suas ações e defender mais investimentos para essa área, que vem movimentando a economia brasileira.

Para ações junto aos assentados e agricultores familiares, ele destinou para o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e para a Secretaria Especial de Agricultura da Família e do desenvolvimento Agrário (Sead) emendas que totalizam R$ 5 milhões. Junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento destinou quatro emendas, sendo elas nos seguintes valores: R$ 380.250,00, R$ 390.000,00, R$ 1.781.695,00 e R$ 1.971.250,00.

“Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho apontou um crescimento de 21,98% no número de empregos no setor da Agropecuária, o que significou a abertura de 2.349 novos postos. Isso só demonstra que o setor é viável, movimenta a nossa economia, mas precisa de investimentos”, disse. 

Agricultura - Na Paraíba existiam 167.286 estabelecimentos agropecuários, desse universo, 148.069 eram familiares, representando 88,51% do total das unidades de produção recenseadas pelo IBGE. A agricultura familiar gera mais de 80% da ocupação no setor rural e responde no Brasil por sete de cada 10 empregos no campo e por cerca de 60% da produção agrícola. A maior parte dos alimentos que abastecem a mesa dos brasileiros vem das pequenas propriedades.

Assentamentos - Atualmente, 14.800 mil famílias estão assentadas na Paraíba em 313 assentamentos da Reforma Agrária. Junta elas ocupam uma área de 300 mil hectares. O Incra vem realizando estudo para saber qual a real produção dos assentados, pois até hoje não foi realizado nenhum levantamento.

Compartilha via Whatsapp

Sobre TV AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook