ASSÉDIO SEXUAL NA OAB: Audiência coloca frente a frente acusado e suposta vítima nessa segunda

As acusações contra o secretário geral da Ordem, Assis Almeida, da então funcionária da Ordem, Lanusa Nazianzeno Ribeiro passam pela primeira audiência nessa segunda (23) às 16h.

A audiência de conciliação deve definir se o processo segue ou não para a audiência de instrução, onde as provas serão apresentadas dos dois lados e tem previsão de acontecer nos próximos 3 meses.

Segundo José Mariz, advogado da vítima, o acusado tentou desmerecer o versão da ex-funcionária: “Você já viu alguém dentro do presídio dizer que é culpado de alguma coisa? Você pergunta e todos dizem que foi armação e são inocentes”. Assim Almeida, disse em certas ocasiões que as acusações teriam  motivação política por parte de pessoas que seriam contrárias a sua gestão.

José Mariz também garante que a acusação tem provas e que o próprio acusado já confessou certas situações com a ex-funcionária: “Estamos em um momento que o processo segue em segredo de justiça, mas assim que possível divulgaremos. Ele próprio já confirmou algumas situações que corroboram com a versão da vítima”.

Portais e blogs da terrinha divulgaram nesta segunda-feira (27) que um diretor da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional da Paraíba (OAB-PB), teria assediado sexualmente uma funcionária da Ordem no interior da Secretaria Geral. Na denúncia está dito que o diretor se insinuou para a moça, apalpando os próprios órgãos sexuais, tentando abraçá-la e, depois, ao final de uma carona que lhe dera do trabalho para casa, a convidara a entrar num motel.

Gutemberg Cardoso - Polêmica PB
Compartilha via Whatsapp

Sobre Chico Lobo

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.