Sindicância é aberta para apurar tumulto no presídio do Roger, em João Pessoa

A Secretaria de Administração Penitenciária da Paraíba informou nesta segunda-feira (18) que foi aberta uma sindicância para apurar o tumulto que aconteceu no sábado (16) na penitenciária Flósculo da Nóbrega, no bairro Roger em João Pessoa, deixou dois presos feridos e foi encontrado um túnel em uma cela no pavilhão 3.
Os presidiários feridos foram levados para o Hospital de Trauma e um já recebeu alta (o de 30 anos), o outro preso de 23 anos teve uma fratura exposta na perna esquerda, de acordo com a assessoria do hospital. A fratura aconteceu depois de um tiro de bala de borracha que o apenado levou, disseram. Ele continua internado sob custódia e seu estado de saúde é regular.
A Secretaria de Administração Penitenciária, porém, informa que os dois presos já receberam alta e já estão de volta ao presídio do Roger. De acordo com a assessoria, 62 presos foram transferidos para o PB1 e boa parte dos apenados que ficavam no pavilhão 3 foram para o pavilhão 4. As celas por onde o túnel passava estão sendo reformadas.
Entenda o caso
Na tarde do sábado (16) um tumulto foi iniciado no presídio do Roger (penitenciária Flósculo da Nóbrega) após os agentes penitenciários encontrarem um túnel na cela 9 do pavilhão 3. De acordo com o gerente do sistema penitenciário João Paulo Ferreira Barros, os presos começaram a jogar pedras nos agentes.
Presos iniciam tumulto no Presídio do Roger após descoberta de túnel

Objetos foram queimados e foi preciso solicitar reforço do Batalhão de Operações Policiais Especiais da Polícia Militar para conter a insurgência. Por volta das 17h o caso já estava controlado e dois presos feridos tinham sido levados por ambulâncias para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.
João Paulo Barros disse na ocasião que “só tinham feridos leves e nenhuma morte”, mas o hospital informou por boletim no sábado que os presidiários tinham dado entrada com “ferimentos por arma de fogo”. A assessoria do hospital explicou nesta segunda-feira (18) que o termo é referente a ferida por bala de borracha.
O presídio do Roger tem capacidade para 600 apenados mas abriga 1.240 pessoas que cumprem penas em regime fechado, de acordo com o gerente penitenciário.



G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.