Projeto obriga fornecimento de touca que previne queda de cabelo em pacientes com câncer.

Tramita na Câmara Federal o Projeto de Lei 6966/2017, de autoria do deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB), que obriga os hospitais públicos a fornecerem toucas hipotérmicas, que previnem a queda de cabelo, para pacientes em tratamento de neoplasias malignas sempre que houver indicação clínica para seu uso. O parlamentar falou da importância da propositura nesta sexta-feira (15), Dia Mundial de Conscientização sobre Linfomas.

No Brasil, atualmente, 310 estabelecimentos de saúde estão habilitados para realização de tratamentos oncológicos pelo SUS, sendo 297 habilitados para realizar a quimioterapia.

O uso da touca hipotérmica é uma técnica que previne a queda de cabelos em pacientes submetidos à quimioterapia. É um procedimento simples, utiliza-se uma touca de plástico recheada com gel em baixíssima temperatura, podendo chegar a vinte graus negativos. A vasoconstrição decorrente do frio diminui o afluxo dos quimioterápicos ao couro cabeludo, diminuindo a perda de cabelos pelos pacientes.

Segundo Pedro, o tratamento prima por preservar o equilíbrio psicológico dos pacientes, fator de grande relevância para o sucesso do tratamento. Apesar de ser utilizado em serviços de referência em oncologia, ainda não está disponível no Sistema Único de Saúde (SUS). Isso significa que o paciente da rede pública não está podendo contar com técnica simples, que não apenas melhora a eficácia de seu tratamento, mas que também preserva significativamente sua qualidade de vida.

Recursos para tratamento – A destinação de recursos para o tratamento de pacientes com câncer vem sendo uma prioridade de Pedro. Ele apresentou emendas no valor de R$ 4,2 milhões para unidades que cuidam com pacientes com câncer, sendo eles: Hospital da FAP, Napoleão Laureano, São Vicente e Padre Zé.
Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.