PESQUISA: Lula lidera em todos os cenários para 2018, mostra pesquisa

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera em todos os cenários de eleição para presidente da República, seja para o primeiro, seja para o segundo turno, apontou pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira (19).

O levantamento aponta ainda uma consolidação do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) no segundo lugar das simulações, apontou o presidente da CNT, Clésio Andrade, e um alto índice de rejeição a todos os nomes colocados, o que pode favorecer o surgimento de um nome pouco ligado à política, um “outsider’.

“Um ponto importante nesses dados é que o Lula ganha em todos os cenários, tanto de primeiro quanto de segundo turno, Jair Bolsonaro consolida em segunda posição e a situação muito crítica do Aécio (Neves, do PSDB de Minas),  praticamente fora do jogo”, disse o presidente da CNT.

Segundo a pesquisa, Lula é o primeiro colocado na resposta espontânea, com 20,2% dos votos, enquanto Bolsonaro ocupa a segunda posição com 10,9%, seguido do prefeito de São Paulo João Doria (PSDB), com 2,4%.

O nome da ex-senadora Marina Silva (Rede) foi lembrado por apenas 1,5% dos entrevistados, enquanto o governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB) e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) por apenas 1,2% cada.

Nas perguntas estimuladas, em que nomes pré-determinados são oferecidos aos entrevistados, Lula também é o que recebe a maior parcela de votos. No primeiro cenário de primeiro turno, Lula teria 32,4%, seguido de Bolsonaro com 19,8%, e de Marina com 12,1%.

Aécio aparece em quinto lugar com apenas 3,2%, atrás de Ciro que tem 5,3%. Até um tempo atrás favorito para ser o candidato tucano, o senador mineiro Aécio chegou a ser afastado do mandato em maio por decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo, após ser gravado em uma conversa com o empresário Joesley Batista na qual teria pedido 2 milhões de reais para pagar os advogados que fazem sua defesa em inquéritos na Justiça.

O tucano melhor colocado nas pesquisas é Doria, que angaria 9,4% dos votos na quarta colocação em um cenário de primeiro turno que traz Lula na liderança com 32,7%, Bolsonaro em segundo com 18,4 e Marina, com 12%.

No cenário em que o candidato do PSDB é Alckmin, o governador paulista também fica em quarto lugar, com 8,7% dos votos. Com 32%, Lula lidera, seguido de Bolsonaro, com 19,4%, e de Marina com 11,4%.

Nas simulações de segundo turno, Lula venceria Bolsonaro por 40,5 a 28,5%; Doria, por 41,6 a 25,2%; Alckmin por 40,6 a 23,2% e Aécio por 41,8 contra 14,8%.

A liderança de Lula na pesquisa se dá mesmo após o ex-presidente ter sido condenado em julho pelo juiz federal Sérgio Moro a 9 anos e 6 meses de prisão por corrupção passiva no caso envolvendo um tríplex no litoral paulista.

Ocorre também depois de o ex-ministro Antonio Palocci ter acusado Lula, no início do mês, de ter se beneficiado diretamente de propinas da Odebrecht. O ex-presidente diz que é inocente de qualquer ilegalidade.

REJEIÇÃO

O diretor executivo do Instituto MDA, Marcelo Souza, atenta para o fato de que a pesquisa apresenta não só um índice elevado de brancos e nulos, como também aponta um alto nível de rejeição ao políticos.

“É uma rejeição bem forte com relação à classe política”, disse Souza.

Na mesma linha, Clésio argumenta que todos os nomes colocados apresentam rejeição pessoal acima dos 40%, patamar considerado complicado para uma eventual disputa de segundo turno.

“Isso é muito complicado... abrindo a possibilidade para um candidato não político”, disse o presidente da CNT.

“É uma situação muito crítica, até desastrosa no sentido político eleitoral”.

Copyright Thomson Reuters 2017
Compartilha via Whatsapp

Sobre Chico Lobo

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.