Pense : Aceitação do ciclo de debates supera expectativas da coordenação


Resultado de imagem para O Pense – Ciclo de Debates Contemporâneos da Paraíba

A aceitação do Pense – Ciclo de Debates Contemporâneos da Paraíba tem surpreendido a coordenação do projeto. De acordo com o coordenador João Eduardo Fonseca, a cada palestra, além do público que comparece ao Espaço Cultural, são 10 mil internautas, em média, que acompanham as transmissões por meio da fanpage do Governo do Estado.

“Os números são bastante impressionantes. Estamos entendendo que a iniciativa veio preencher uma demanda, uma expectativa da sociedade, especialmente aqueles segmentos que têm uma maior participação com o processo das relações entre o Estado e a sociedade. A nossa avaliação é de que este projeto tem cumprido um papel muito importante, especialmente por ser uma iniciativa governamental, o que não é comum ter governos de Estado promovendo incentivos ao debate mais profundo e estratégico, principalmente em um momento em que o país atravessa uma crise econômica e política”, afirmou.

O Pense – Ciclo de Debates Contemporâneos da Paraíba promoverá discussões sobre variados temas durante todo este segundo semestre de 2017. A quinta palestra acontece nesta quarta-feira (27), na sala de concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, a partir das 19h. Desta vez, o debatedor convidado é o escritor Frei Betto, que dialogará sobre o tema “Avanços e intervenções da cidadania para a refundação democrática da política”, com mediação da escritora Maria Valéria Rezende. A entrada é gratuita.

A palestra fará uma análise crítica das desigualdades sociais e profundidades das crises política, societária e civilizatória. Ainda refletirá sobre a transformação do sistema político e sua liberação da tutela do poder econômico, a função social estratégica das políticas públicas, a radicalização da cidadania sob a ótica da requalificação democrática da política, além de enfatizar a “tríade virtuosa da cidadania”, sendo componentes desta a pluralidade, diversidade e democracia.

Frei Betto é autor de 60 livros, editados no Brasil e no exterior. Estudou jornalismo, antropologia, filosofia e teologia. Frade dominicano e escritor, ganhou vários prêmios, incluindo o Jabuti, principal prêmio literário do Brasil. Foi coordenador da Anampos (Articulação Nacional de Movimentos Populares e Sindicais), participou da fundação da CUT (Central Única dos Trabalhadores) e da CMP (Central de Movimentos Populares). Prestou assessoria à Pastoral Operária do ABC (São Paulo), ao Instituto Cidadania (São Paulo) e às Comunidades Eclesiais de Base (CEBs). Foi também consultor do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Em 2003 e 2004 atuou como assessor especial da Presidência da República e coordenador de Mobilização Social do Programa Fome Zero

Os próximos debatedores confirmados são o professor e pesquisador Jessé de Souza, no dia 11 de outubro, e o diplomata e ex-ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, no dia 30 de outubro.
Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.