Paraíba sedia Etapa Nordeste I da Caravana pelos Direitos da Criança e Adolescente

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh), sedia até esta quinta-feira (21) a Etapa Nordeste I da Caravana pelos Direitos da Criança e Adolescentes. O evento, realizado pelo Conselho Nacional dos Direitos da Criança e Adolescente (Conanda), em parceria com a Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e Adolescente do Ministério dos Direitos Humano (SNDCA/MDH) foi aberto na manhã desta quarta-feira (20) e reúne representantes dos Estados da Paraíba, Ceará, Maranhão, Rio Grande do Norte e Piauí.

A iniciativa tem o objetivo de formar e difundir conhecimentos acerca dos direitos das crianças e dos adolescentes nas regiões, além de fomentar o diálogo sobre o tema entre os órgãos e entidades que compõem o Sistema de Garantia de Direitos (SGD): Ministério Público, Defensorias, Conselhos Tutelares e de Direitos, Segurança Pública, Saúde, Assistência Social, entre outros. Estarão presentes neste primeiro evento regional, além dos representantes do SGD nos estados, representantes do Conselho Nacional, adolescentes e lideranças comunitárias.

A representante dos adolescentes, a cearense Denise Santiago, afirmou que ela e demais adolescentes nordestinos estão empenhados na luta pela garantia dos direitos. “Queremos ser vistas como pessoas dignas, seres humanos e queremos que nossos direitos sejam assegurados, que sejam efetivados. E só vamos parar de lutar quando todos os nossos direitos estiverem assegurados”.

Segundo o vice-presidente do Conanda, Marco Antônio Soares, “a caravana é uma conquista de todos, e pretende juntar todos os sujeitos que trabalham em prol das crianças e adolescentes no país e nas regiões, descentralizando as ações do Conanda, ir para os territórios e construir laços efetivos com os Conselhos Estaduais e Municipais, Sistema de Justiça, com todos os atores, para que possam ter essa unidade em defesa da prioridade absoluta da criança e adolescentes, de maneira a construir juntos uma pauta a partir dos pontos que são gargalhos para efetivação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), dentre outras políticas, para que se efetive no território, e tenha efeito prático na vida de crianças e adolescentes”.

Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.