Paraíba é o quinto Estado a gerar mais empregos com carteira assinada em agosto


Resultado de imagem para Paraiba

Com 3.511 postos de trabalho com carteira assinada, a Paraíba gerou o 5º maior saldo de empregos do país e o terceiro do Nordeste em agosto, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quinta-feira (21) pelo Ministério do Trabalho.

O número de empregos abertos é o saldo, ou seja, o total de contratações menos o de demissões no período. Em agosto, foram 13.361 novos trabalhadores, contra 9.850 desligamentos nas atividades econômicas do Estado. Apesar de a forte crise econômica persistir, é o terceiro mês seguido de saldo positivo de empregos formais na Paraíba este ano e o melhor em termos de criação de vagas.

Os cinco estados que mais geraram empregos em agosto foram São Paulo (17.320), Santa Catarina (6.130), Ceará (4.975), Pernambuco (4.206) e a Paraíba (3.511). Contudo, quando considerado a variação de postos no mês de agosto, a Paraíba salta para a primeira colocação do país com alta de 0,90% no estoque de empregos acumulados, enquanto os demais estados como Ceará (0,43%), Pernambuco (0,34%), Santa Catarina (0,31%) e São Paulo (0,14%) tiveram variações bem abaixo no estoque quando comparado à Paraíba. A média do país foi de apenas 0,09%, enquanto no Nordeste a taxa do estoque de empregos acumulados subiu 0,32%. 

Cenário regional – O Nordeste liderou a criação de vagas no mês de agosto. Quase 60% do saldo de emprego do país (19.964 vagas) vieram de oito dos nove Estados da Região. Apenas Alagoas teve registro negativo, enquanto a Paraíba foi o terceiro mais expressivo, atrás apenas do Ceará e Pernambuco. Bem mais modesta, a segunda região com saldo mais positivo foi a Região Sul com 5.935 vagas, seguida das regiões Centro-Oeste (4.655) e Norte (3.265). O Sudeste, mesmo São Paulo gerando o maior volume de empregos, ficou com saldo de apenas 1.628 postos, pois os outros estados que formam a Região (MG, RJ e ES) tiveram quedas expressivas no saldo de emprego em agosto. Já em todo o país, foram gerados 35.547 postos em agosto, o que leva a contabilizar que somente a Paraíba gerou 10% do saldo de vagas do país no último mês.

Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.