Mês da Juventude Rural cresce em número de participantes e adesão de municípios

Os eventos comemorativos do Mês da Juventude neste ano tiveram um aumento de 100 por cento, tanto em número de participantes quanto de municípios que aderiram à programação, em relação ao mesmo período de 2016, numa realização do Governo do Estado por meio da Gestão Unificada Emepa/Interpa/Emater, vinculada à Secretaria do Desenvolvimento e da Pesca.

No ano passado aconteceram 68 eventos com a participação de 2.357 jovens e neste ano foram 105 que contaram com as presenças de 4.285 participantes, segundo informou a chefe do Núcleo de Extensão Social da Emater, Zilda Abrantes que considerou como um avanço considerável da juventude em busca de mais conhecimentos acerca de ações, programas e políticas públicas.

O sucesso dos eventos se deve a mobilização realizada pelos extensionistas sociais da Emater, buscando a inclusão do jovem e debater com estes programas e políticas públicas de seu interesse.

As regiões onde aconteceram os eventos durante o mês de agosto foram: Princesa Isabel, 19 eventos com a participação de 1.250 jovens, Sousa – 12 eventos com 659 participantes, Serra Branca com seis eventos e 203 participantes, Pombal com quatro eventos e 54 jovens, Patos com um evento e 65 participantes, João Pessoa três eventos 120 pessoas, Campina Grande 12 eventos e 450 participantes, Cajazeiras seis eventos e 206 jovens, Guarabira dois eventos e 75 participantes, Itabaiana três eventos e 160 jovens, Areia 16 eventos e 490 jovens, Piauí, 10 eventos 241 jovens e Itaporanga 11 eventos e 304 jovens

Em Areia – A Comunidade Chã do Jardim, no município de Areia, sediou na quarta-feira (30) o 1º Encontro Regional da Juventude Rural na região do Brejo paraibano. O evento fez parte das comemorações do Mês da Juventude.
A estratégia de reunir jovens agricultores familiares residentes nos municípios que compõem a região de Areia contou com a participação de sete delegações de cidades vizinhas e objetivou discutir as políticas públicas de interesse da juventude rural, no tocante à inclusão social e produtiva, numa perspectiva de desenvolvimento sustentável.

A programação teve palestras, apresentações culturais, rodas de conversa e incluiu o compartilhamento da experiência de empreendedorismo vivenciada por jovens da comunidade Chã do Jardim. Lá existe um caso de sucesso empresarial comunitário que reúne turismo rural, gastronomia, agroindústria, artesanato, além de uma série de atividades de comércio e serviços geradas a partir desses empreendimentos rurais, sendo o mais conhecidos deles, o premiado Restaurante “Vó Maria”, referencia do turismo paraibano e cenário que recebeu os participantes do encontro.

A líder comunitária, agricultura, empreendedora rural e agora conferencista Luciana Balbino, uma das responsáveis pelos projetos da Chã do Jardim, comentou sobre a satisfação em receber a caravana de jovens em sua comunidade. “É emocionante saber que através de nossa atitude, do nosso esforço, estamos promovendo melhorias na vida de pessoas. Falar para jovens com realidades parecidas com a minha e de meus companheiros tem uma emoção diferenciada”, comentou.

Secom
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.