Mais de 8,4 mil veículos foram apreendidos em oito meses em João Pessoa


Resultado de imagem para Mais de 8,4 mil veículos foram apreendidos em oito meses em João Pessoa

Mais de 8,4 mil veículos foram apreendidos em blitzen realizadas em João Pessoa entre janeiro e agosto de 2017, segundo os dados do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB). No total, foram 8.493 veículos, sendo 5.703 motos, 1.786 cinquentinhas e 1.004 carros, que foram apreendidos e levados para os pátios do Detran, nos bairros de Mangabeira e Valentina.
Veja no Detran-PB como consultar IPVA, multas, licenciamento e situação da CNH.
Até o início de setembro, mais de seis mil carros e motos estavam parados nos pátios e muitas vezes os proprietários não sabem para onde os veículos foram levados após a apreensão. Segundo o Detran, os veículos que vão para os pátios do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) são os que se envolveram em algum acidente. Em todos os outros casos, os carros são levados para o Detran.

“Na blitz, nós buscamos armas, drogas, pessoas ou veículos procurados pela Justiça, e também fiscalizamos o trânsito, as situações do veículo, questões de segurança, licenciamento, habilitação, entre outros. Seguimos a legislação, que prevê situações onde é necessária a retenção do veículo. São casos de documentos atrasados, falta de documentos ou em caso de direção sem habilitação”, explica o comandante do BPTran, major Jucier Pereira.

Os donos pagam pelo período em que os veículos ficam no local. A diária custa R$ 8,40 no caso dos pátios do Detran. No BPTran, não há valor de diária, mas em ambos os casos, os veículos só podem ficar nos pátios por no máximo dois meses.
Após este período, caso a questão do veículo não seja resolvida, ele vai à leilão. Segundo o Detran, muitos veículos acabam abandonados pelos donos por causa do valor das dívidas, que as vezes são mais altas do que o valor do próprio veículo.
Caso o proprietário queira recuperar o veículo, é necessário regularizar a situação. Apenas o dono, cujo nome está no documento, pode fazer a retirada. Se outra pessoa for retirar, é necessário apresentar uma procuração assinada pelo proprietário.



G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.