Luciano Cartaxo leva projeto 'João Pessoa Cidade Sustentável' para encontro de prefeitos em Palmas

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, participa nesta sexta-feira (29), em Palmas, do 2º Encontro de Gestores das Cidades que integram a Iniciativa Cidades Emergentes e Sustentáveis (ICES), realizada no Brasil pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em parceria com a Caixa Econômica Federal (CEF). O primeiro encontro foi realizado em João Pessoa, em agosto passado. Agora chega a vez de a Capital do Tocantins ser cenário para mais uma reunião de troca de experiências e cooperação administrativa entre os gestores que preparam suas cidades para o desenvolvimento sustentável.

O João Pessoa Cidade Sustentável é um plano de longo prazo que tem como meta preparar o crescimento e o desenvolvimento do município para os próximos 30 anos, quando deverá ultrapassar a marca de 1 milhão de habitantes. Fruto de uma série de estudos técnicos, a cidade já começou a receber um conjunto de 60 ações destinadas a assegurar a qualidade de vida da população. O BID já liberou um empréstimo de 100 milhões de dólares que deverão ser aplicadas nos próximos anos na implantação das ações.

A convite do prefeito de Palmas, Carlos Amastha, Luciano Cartaxo apresentará o andamento do Plano João Pessoa Cidade Sustentável, o mais avançado entre as cidades beneficiadas pelo BID e que já está em sua fase final de aprovação para a liberação do empréstimo pelo Tesouro Nacional e Senado Federal.

O plano prevê ainda um conjunto de contrapartidas da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), o que já está sendo efetivado por meio de obras do programa habitacional, como é o caso da construção dos residenciais Vista Alegre, Colinas de Gramame, Saturnino de Brito e São José. Além dessas obras, estão incluídos também os projetos de infraestrutura nessas comunidades e na Avenida Beira Rio, por exemplo.

"É muito importante esta articulação junto aos demais municípios. Estamos planejando algo que terá resultados relevantes para as próximas gerações nas nossas cidades. Nosso objetivo é assegurar um desenvolvimento sustentável, com ações que vão muito além de nossas gestões”, explicou Luciano, acrescentando: “Este plano é um legado de planejamento que deixaremos em nossas Capitais. Quanto mais discussões ocorrerem, mais amadureceremos os projetos e mais chances de acertos teremos, agregando boas ideias das outras cidades envolvidas".

A articulação entre as seis capitais permitirá uma atuação conjunta para garantir maior celeridade na tramitação dos projetos nas secretarias de Assuntos Internacionais, do Ministério do Planejamento, do Tesouro Nacional, no Ministério da Fazenda e no Senado Federal. Por se tratar de empréstimo internacional, a operação precisa ser aprovada pela Fazenda e pelo Congresso. No caso de João Pessoa, por exemplo, a articulação do prefeito Luciano Cartaxo junto aos três senadores paraibanos, José Maranhão (PMDB), Raimundo Lira (PMDB) e Cássio Cunha Lima (PSDB), garante a agilidade para sua aprovação.

O Plano João Pessoa Cidade Sustentável prevê investimentos de habitação no Complexo da Beira Rio, que envolve oito comunidades que serão completamente urbanizadas; a Escola de Governança e Gestão, que irá qualificar cada vez mais os profissionais da PMJP; além de um investimento importante na segurança urbana e cidadã, através do Centro de Controle e Cooperação (CCC), onde será unificado todo o monitoramento da cidade, do trânsito e para a prevenção de desastres naturais, entre outras ações.

Washington - O prefeito lembrou ainda que no início deste mês participou de uma missão técnica do BID em Washington, nos EUA, e iniciou as primeiras tratativas para a inclusão de João Pessoa em outra iniciativa importante, que é a Rede Internacional de Cidades Inovadoras e Competitivas, promovendo também a indução de novas atividades econômicas, reforçando a presença de João Pessoa no cenário internacional.

Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.