Luciano Cartaxo entrega ambulatório e Instituto Cândida Vargas amplia atendimento cardiológico

O atendimento para gestantes de alto risco e bebês recém-nascidos com problemas no coração será feito com mais conforto no Instituto Cândida Vargas (ICV). Na manhã desta quinta-feira (31), o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, entregou a reforma e ampliação do ambulatório do setor de cardiologia, com o objetivo de reduzir a mortalidade materna, agregar serviços com humanização no atendimento e garantir às usuárias a presença deste serviço no pré-natal. A ação integra a maratona de serviços que o prefeito tem realizado durante todo este mês em comemoração aos 432 anos de João Pessoa.

“Estamos investindo permanentemente na nossa saúde. O Instituto Cândida Vargas tem esse papel de cuidar das mães e dos bebês, então este serviço de cardiologia é muito importante porque atende às mães que estão em situação de alto grau de risco e também às crianças que podem nascer com qualquer problema cardiológico. Aqui no Instituto, 50% dos partos são de mulheres vindas do interior do Estado, então é um serviço que nós prestamos para além do município e que precisa permanentemente de investimentos”, afirmou o prefeito Luciano Cartaxo.

O setor de cardiologia está localizado na área ambulatorial e já funcionava anteriormente, mas passou por uma reforma e ampliação para melhorar o conforto durante os atendimentos tanto da equipe médica quanto das usuárias. O setor conta com uma recepção, sala de atendimento médico e sala de exames, onde poderão ser realizados exames cardiológicos como eletrocardiograma. No setor, serão atendidas gestantes de alto risco que realizam o acompanhamento do pré-natal na maternidade e, a partir de agora, terão o suporte cardiológico no hospital, além da cardiologia infantil atendendo os bebês recém-nascidos na maternidade com alguma patologia cardiológica.

A diretora geral do Instituto, a ginecologista/obstetra, Ana Lourdes Fernandes, destacou a importância da ampliação do ambulatório. “A gente sabe que hoje o grande número de mortalidade materna se dá por patologias cardiovasculares, doença hipertensiva da gravidez, doença hipertensiva preexistente da gravidez, cardiopatias e, além disso, as cardiopatias congênitas. Os bebês também são atendidos neste serviço. Então este serviço tem uma relevância enorme, porque vai abraçar maior número de usuárias e melhorar a qualidade da atenção na saúde de João Pessoa”, disse.

Os atendimentos no novo setor de cardiologia do Instituto Cândida Vargas (ICV) acontecerão de segunda a sexta-feira, nos turnos da manhã e tarde, por meio de consultas reguladas. Além da ampliação do laboratório, também houve aumento no número de cardiologistas disponibilizados para este serviço. O ICV é referência em maternidade na Paraíba e considerado como um dos melhores hospitais da área no Nordeste. O Instituto oferece desde acompanhamento pré-natal de alto risco até um Banco de Leite, para os casos das mães que não conseguem amamentar.

Secom
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.