Equipe do ‘Criança Feliz’ se reúne com gestantes e apresenta dinâmica de atividades.

A equipe do ‘Criança Feliz’ apresentou ao grupo de gestantes 'Amor Materno' como será a dinâmica e quais são as atividades do projeto do Governo Federal que será implantado em Curral de Cima. As futuras mamães receberam folders detalhando o que é o programa, qual o período das visitas e alguns exemplos de como serão realizadas as ações. O encontro também contou com uma dinâmica que possibilitou a troca de experiências entre as gestantes.

O grupo 'Amor Materno' é composto por 18 gestantes que recebem acompanhamento e participam de palestras e oficinas que visam ensinar novas habilidades para essas mulheres. Também é trabalhada com as mamães a autoestima, pois todas elas participam de um ensaio fotográfico de gestantes e recebem fotos do registro desse momento da gravidez.  

Já o Programa ‘Criança Feliz’ foi instituído em 2016 pelo Governo Federal com caráter intersetorial e tem o objetivo de promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida. “Esse programa vai possibilitar que a administração municipal promova o desenvolvimento humano a partir do apoio e do acompanhamento do desenvolvimento infantil integral na primeira infância, bem como apoiar a gestante e a família na preparação para o nascimento e nos cuidados perinatais”, destacou a secretária de Assistência Social, Laís Lima.

O programa articula ainda ações das políticas de assistência social, saúde, educação, cultura, direitos humanos, tendo como fundamento a Lei nº 13.257/2016 – conhecida como Marco Legal da Primeira Infância. O programa fortalece a trajetória brasileira de enfrentamento da pobreza com redução de vulnerabilidades e desigualdades e potencializa a integração do acesso à renda com inclusão em serviços e programas.

O ‘Criança Feliz’ também renova os compromissos do Brasil com a atenção às gestantes, crianças de 0 a 3 anos do Programa Bolsa Família, crianças de 0 a 6 anos com deficiência beneficiárias do BPC e suas famílias e também às crianças privadas do convívio familiar, em serviços de acolhimento, e suas famílias.
Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.