Docas-PB se reúne com Conselho de Autoridade Portuária e apresenta projeto de expansão do Porto de Cabedelo

A Companhia Docas da Paraíba (Docas-PB) participou nesta sexta-feira (29) da reunião do Conselho de Autoridade Portuária (CAP) e apresentou o projeto de expansão do Porto de Cabedelo com a licitação das áreas arrendadas que vão permitir investimentos na infraestrutura no local.

A reunião contou com a presença do presidente do CAP, Disney Barroca, e da diretora presidente da Docas-PB, Gilmara Temóteo, além de representantes da Receita Federal, Antaq, Anvisa, Ministério dos Transportes, Prefeitura de Cabedelo e Capitania dos Portos.

Na ocasião, Gilmara destacou que o planejamento existente no Porto é para que um novo porto possa surgir com os investimentos. "Estamos desenvolvendo um trabalho com várias mãos e essa parceria é essencial para que no futuro tenhamos este equipamento contribuindo ainda mais para o desenvolvimento do Estado", disse.

Já o presidente da CAP, Disney Barroca, ressaltou que o Governo Federal está aberto a investimentos, mas o momento é de buscar parcerias com o setor privado. Além disso, ressaltou que o Porto de Cabedelo está inserido nos primeiros blocos de áreas a serem licitadas em relação a outros portos do país que não fizeram o estudo de viabilidade técnica.

Disney também parabenizou a iniciativa do Porto em realizar os estudos e salientou que o momento é muito bom para o Porto de Cabedelo. "A solução para melhoria do Porto sem onerar os gastos é permitir que o privado invista no público e isso o que vocês estão buscando aqui", disse.

Apresentação - O assessor de Planejamento da Docas-PB, Alessandro Marques, fez uma apresentação sobre os estudos de viabilidade técnica das áreas a serem licitadas que estão com contratos vencidos. Essas licitações vão permitir investimentos de melhorias na infraestrutura do Porto, além de potencializar as movimentações e aumentar a arrecadação com as empresas arrendatárias.

Gilmara e Alessandro também apresentaram o relatório operacional do Porto, com investimentos na implantação das novas defensas, reforma dos cabeços de amarração, implantação das novas boias, reforma do berço 101, a operação piloto ship to ship e a movimentação mensal de produtos.

Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.