Bombeiros são chamados para combater novo foco de incêndio em maternidade em João Pessoa

Um novo foco de incêndio foi registrado no almoxarifado da maternidade Frei Damião, em João Pessoa, na noite de sexta-feira (29). Por volta das 20h30, uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para combater uma reignição no almoxarifado. O sargento Cassiano Melo, do Corpo de Bombeiros, explicou que o resfriamento foi concluído ainda na noite de sexta-feira e que não deve ocorrer novos pequenos focos de fogo.
A assessoria da Maternidade Frei Damião confirmou que houve uma nova ação do Corpo de Bombeiros na unidade, mas negou que tenha se tratado de um novo foco de incêndio. Conforme a assessoria, a ação dos bombeiros foi para evitar que a fumaça, que estava saindo do local desde o resfriamento feito na manhã da sexta-feira, voltasse a entrar na maternidade, uma vez que a fumaça foi a causa da transferência dos bebês e mães pacientes.
O incêndio que destruiu parte da maternidade Frei Damião aconteceu na noite de quinta-feira (28) e começou a partir do superaquecimento de um disjuntor na área da lavanderia de acordo com os Bombeiros. Por conta do incêndio, que ficou restringido ao almoxarifado e lavanderia da maternidade, muita fumaça entrou na área do ambulatório, fazendo com que sete mães e sete bebês, um deles entubado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal fossem transferidos.

“Fomos acionados para uma reignição. Ainda tem muito material inflamável dentro do almoxarifado e como o temperatura no local ainda é alta, é normal que alguns pequenos focos apareçam e haja fogo. Fizemos o resfriamento, mas vamos esperar. Acredito que foi o suficiente [para evitar novos focos]”, explicou o sargento Cassiano Melo do Corpo de Bombeiros.
Apesar da nova ação do Corpo de Bombeiros na maternidade, nenhum paciente precisou ser transferido. O incêndio registrado na noite de quinta-feira (28) danificou o teto de parte do almoxarifado e da lavanderia, chegou a derrubar uma pilastra, mas segundo o sargento Cassiano Melo, foi descartada a hipótese de um desabamento no local interditado.
Na tarde de sexta-feira, seis dos sete bebês que tinham sido transferidos da maternidade afetada pelo incêndio haviam retornado. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) e a direção da Maternidade Frei Damião afirmaram que o atendimento foi normalizado na unidade de saúde, desta forma seguia na manhã deste sábado (30). O almoxarifado e a lavanderia seguem interditados.



G1
Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.