Atendimento e acompanhamento nutricional é ofertado aos usuários do SUS


Resultado de imagem para SUS

No mês de setembro começa oficialmente a temporada da primavera/verão e a chegada das novas estações traz muito calor e aumenta a freqüência às praias. Nesse período, é comum aumentar nas pessoas a preocupação em manter o corpo perfeito para o verão, que vai além da estética sendo reflexo da boa saúde.

Um dos segredos para a vida mais saudável é manter uma alimentação equilibrada e para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) oferta à população uma linha de cuidados especiais com atendimento e acompanhamento com nutricionistas.

Na Rede Municipal de Saúde, os usuários são atendidos por demanda espontânea ou por encaminhamento do médico da Unidade de Saúde da Família (USF) de referência. Os atendimentos especializados são realizados por nutricionistas da rede que atendem nos Centros de Atenção Integral à Saúde (Cais) do Cristo, Jaguaribe e de Mangabeira, além da Unidade de Saúde das Praias e na Unidade Básica de Saúde de Mandacaru.

Além dos atendimentos, várias USFs da Capital disponibilizam, também, grupos de hábitos saudáveis, que incentivam, entre outras coisas, uma alimentação balanceada e a prática de atividades físicas. Nas USFs os nutricionistas também atuam como profissionais do Núcleo de Apoio a Saúde da Família (Nasf).

De acordo com o coordenador da seção de nutrição da SMS, Edgar Tito, o acompanhamento nutricional instrui em como melhorar os hábitos alimentares e assim tornar o organismo saudável e nutrido, o que é importante para manter a saúde em dia e evitar enfermidades como diabetes e colesterol alto.

“A partir da boa alimentação é possível melhorar a qualidade do sono, já que a pessoa se sente mais bem disposta afastando o estresse e a fadiga dos nossos dias, uma vez que a falta de energia pode estar inteiramente ligada com a ausência de alguma substância no nosso corpo. Para crianças é possível manter uma infância saudável e crescer com melhores hábitos alimentares. Na gestação é essencial para ter os nutrientes necessários e para a prevenção de diversas complicações comuns na gravidez, como o ganho excessivo de peso e diabetes gestacional. Além de ser fundamental para chegar ao peso ideal de forma saudável e sem radicalismo” explica Edgar.

O coordenador da seção de nutrição da SMS aproveita para alertar sobre dietas sem acompanhamento especializado. “É comum nessa época do ano a busca pelo corpo perfeito e com isso é maior a tendência das pessoas começarem dietas sem nenhum acompanhamento e orientação de profissional de nutrição, mas isso é extremamente perigoso uma vez que cada organismo necessita de uma dieta diferente, além de poder causar problemas de saúde ao invés de melhorar a saúde”, ressalta Edgar Tito.

Na rede municipal de saúde os nutricionistas também são encarregados de elaborar o cardápio ideal para os pacientes, principalmente os internos nos hospitais de acordo com o quadro clínico de cada um. Desde a mulher que acabou de ter um filho até a criança que se recupera de uma doença grave, todos utilizam, muitas vezes sem perceber, os serviços desse profissional.

Influenciando a alimentação saudável desde a infância, o programa Saúde na Escola oferece às crianças e adolescentes da Rede Municipal de Educação uma alimentação equilibrada respeitando a regionalidade, ofertando frutas, verduras e legumes, evitando frituras nas preparações.

Atualmente são oferecidas nos Centro de Referencia do Ensino Infantil (Creis) cinco refeições – desjejum, lanche manhã, almoço, lanche tarde e jantar. Nas escolas de meio período é oferecido um lanche por turno (manhã, tarde ou noite) e nas escolas de tempo integral são ofertadas três refeições, sendo um lanche na manhã, um almoço e um lanche da tarde.

Os cardápios são apresentados por faixa etária e possuem a informação nutricional ofertada na semana. Além disso, as unidades de ensino são orientadas a só realizarem alterações no cardápio sob a recomendação do nutricionista do setor de alimentação escolar. Carne, frango, peixe, fígado e soja estão entre as opções de almoço. As frutas estão presentes toda semana, seja no lanche ou na sobremesa do almoço, e as saladas (cruas ou cozidas) também são oferecidas diariamente, a fim de estimular os hábitos saudáveis dos alunos.

“A promoção da alimentação adequada e saudável no Sistema Único de Saúde (SUS) fundamenta-se nas dimensões de incentivo, apoio e proteção da saúde e combina iniciativas focadas em políticas públicas saudáveis, na criação de ambientes saudáveis, no desenvolvimento de habilidades pessoais e na reorientação dos serviços de saúde na perspectiva da promoção da saúde”, reforça o coordenador da seção de nutrição da SMS, Edgar Tito.

Restaurantes populares – Nos restaurantes populares da Capital, as pessoas têm acesso à alimentação saudável por apenas R$ 1,00. O cardápio é variado e supervisionado por nutricionistas, com diferentes opções a cada dia da semana, com frutas e verduras de qualidade, provenientes da agricultura familiar.

Além dos restaurantes populares no Parque da Lagoa e no bairro de Mangabeira, a população também conta com cinco cozinhas comunitárias localizadas nos bairros do Cristo, Novais e Gervásio Maia, além das comunidades do Taipa e Timbó. As cozinhas têm um projeto de segurança alimentar, que, além da alimentação, inclui palestras sobre hábitos saudáveis.

Dados – Segundo a Vigitel mais da metade da população brasileira está acima do peso recomendado. 18,9% dos brasileiros são obesos. O excesso de peso cresceu 26,3% em 10 anos passando de 42,6% em 2006 para 53,8% em 2016. O excesso de peso é mais prevalente entre os homens, estando presente em 57,7% da população masculina e em 50,5% das mulheres.

Compartilha via Whatsapp

Sobre Redação AgoraPB

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.