Ricardo inaugura Centro de Atendimento Socioeducativo Rita Gadelha

O governador Ricardo Coutinho inaugurou, nesta terça-feira (29), o Centro de Atendimento Socioeducativo Rita Gadelha, em João Pessoa, que tem capacidade para atender 16 socioeducandas, sendo 13 vagas na área de internação e três no setor de acolhimento. A unidade faz parte do programa Janela para o Futuro, oferecendo educação no modelo Cidadã Integral e ensino profissionalizante para as jovens em cumprimento de medidas socioeducativas. O local recebeu investimentos superiores a R$ 1,7 milhão, por meio de convênio entre o Governo do Estado e Governo Federal. A inauguração faz parte da programação elaborada pelo Governo do Estado em comemoração ao aniversário de 432 anos de João Pessoa.
Em seu pronunciamento, Ricardo ressaltou que a socioeducação deve contribuir para a formação de cidadãos capazes de reconstruir sua cidadania e atuar produtivamente na sociedade. “Esse Centro significa a continuidade na qualificação de uma das políticas mais complexas existentes no país. É necessário que os adolescentes que cumprem medidas socioeducativas passem a ver a vida de forma diferente. Eles precisam ter confiança na vida e entender que é possível se colocarem em um patamar diferenciado ao sair da restrição de liberdade. É por isso que tenho colocado todas as minhas esperanças nesse modelo de educação integral e profissionalizante que implantamos. Com isso, todos terão a oportunidade de ter uma profissão e ainda será possível que eles coloquem em prática o que aprenderam. A cada dia estamos tentando avançar e qualificar o sistema”, disse o governador.  
Ricardo Coutinho também falou sobre a homenagem à juíza paraibana Rita Gadelha. “Muito merecida a escolha do nome deste Centro. Rita Gadelha é símbolo da garra da mulher paraibana. Sempre lutou pelas causas sociais e pelos direitos da criança e do adolescente”, pontuou.
Para o presidente da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente Alice de Almeida (Fundac), Noaldo Meireles, o Centro Socioeducativo tem o ambiente ideal para atendimento, cursos profissionalizantes e aulas. “Este local é totalmente adequado de acordo com a política que o Governo do Estado vem implantando, através do modelo de Escola Integral. Aqui temos espaços para o atendimento técnico, para as oficinas, cursos profissionalizantes e, sobretudo, para a escola que é o essencial no cotidiano das unidades”, explicou.
“O Centro de Atendimento Socioeducativo Rita Gadelha representa cidadania, oportunidades e possibilidades. Todo mundo na vida, em algum momento, faz escolhas erradas e o Estado está reafirmando que é possível percorrer novos caminhos. Estamos dando as condições para que essas jovens possam construir novas possibilidades e um futuro melhor”, ressaltou a secretária de Desenvolvimento Humano, Cida Ramos.
A secretária Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ministério dos Direitos Humanos, Fabiana Gadelha, reforçou que a parceria entre os Governos Estadual e Federal vem para reforçar as políticas socioeducativas. “Buscamos promover e desenvolver ações que possam contemplar os programas de direitos da criança e adolescente. Esta é uma obra de direitos humanos com uma estrutura acolhedora e com medidas adequadas para a socioeducação. Espero que este tipo de projeto implantado na Paraíba, com educação integral, possa se estender para outros estados do país”, comentou.
A socioeducanda S.G tem 18 anos, cumpre medida socioeducativa há dez meses e sonha em ser psicóloga. “Cometemos erros, mas temos o direito de mudar e ter um futuro digno. Aprendi que somos aquilo que lutamos para ser e agradeço muito a todos que estão me ajudando nessa jornada. Hoje, faço o 3º ano do Ensino Médio, sou bolsista em um projeto da Universidade Federal da Paraíba e quero ser psicóloga. Espero um dia poder me formar e quem sabe trabalhar neste Centro Socioeducativo ajudando meninas socioeducandas”, comentou.

Secom
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.