Prefeito prestigia inauguração do Centro Administrativo da AL e destaca importância do Centro Histórico

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, prestigiou, no final da tarde desta quarta-feira (9), a inauguração do Centro Administrativo da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), que passa a funcionar no prédio do Paraíba Palace Hotel, e destacou a importância da manutenção da história e da revitalização do Centro Histórico da Capital. Segundo ele, esta ação do Poder Legislativo estadual soma-se às várias obras realizadas pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) para que a parte histórica da cidade seja preservada e volte a ser um espaço de efervescência cultural e de fortalecimento econômico da cidade, entre elas o Parque da Lagoa, Praça da Independência e Casa da Pólvora, e outras que estão sendo executadas como o Novo Conventinho e a Villa Sanhauá.

"Enquanto defendiam a ida da Assembleia Legislativa para a Avenida Epitácio Pessoa, eu fui o primeiro a fazer a defesa da sua permanência no Centro Histórico de João Pessoa, pelo significado dele para a nossa Capital, a terceira cidade mais antiga do país. Fui deputado estadual e sei o significado dessa instituição para a democracia do nosso Estado, e sei também da importância de termos um Centro Histórico revitalizado. A Prefeitura está fazendo a sua parte nesse processo de revitalização, foi assim no Parque da Lagoa, Galeria Augusto dos Anjos, nas praças da Independência, 1817, João Pessoa", afirmou o prefeito Luciano Cartaxo.

O prefeito foi acompanhado do vice-prefeito, Manoel Junior, e de auxiliares do governo. A inauguração aconteceu no Ponto de Cem Réis, em frente ao prédio do Palace Hotel, que se chamará Centro Administrativo Gervásio Bonavides Mariz Maia. Nele, irão funcionar os setores administrativos do Poder Legislativo que antes estavam em prédios anexos alugados, o que representará unidade aos trabalhos da Assembleia e economia de recursos.

Paraíba Palace - O prédio do Paraíba Palace foi construído na década de 1930, idealizado pelo ex-governador João Pessoa e se constitui em um dos mais relevantes prédios do conjunto arquitetônico da cidade. O hotel era frequentado pela elite paraibana e hospedava desde políticos, a atletas e artistas, até a década de 1960.

Durante a Segunda Guerra Mundial, o hotel recebeu os militares ligados às bases de Natal e Recife, além de integrantes de programas promocionais do ex-presidente Getúlio Vargas. Após muitos anos, a edificação chegou a ter decretada a sua interdição pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico da Paraíba (Iphaep). Recentemente, funcionava um shopping em suas dependências.

Secom
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.