Polícia prende integrantes de quadrilha especializada em roubos e furtos de equipamentos de som

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho investigativo de equipes das 17ª e 15ª Delegacias Seccionais, com sedes em Itaporanga e Patos, desarticulou na quinta-feira (4) uma quadrilha especializada em roubos e furtos na região do Vale do Piancó. Foram presos Everton Albuquerque de Araújo Lon, considerado o chefe do grupo, Jefferson Albuquerque Araújo, Igor Henrique Oliveira Monteiro, José Batista de Araújo, conhecido como ‘Jotinha’ e ainda apreendido um adolescente, por crimes patrimoniais relacionados a equipamentos eletrônicos, assim como instrumentos utilizados em carpintaria. A ação contou com a participação de policiais da delegacia municipal de Coremas, Grupo Tático Especial (GTE) de Itaporanga e Delegacia de Roubos e Furtos de Patos.

De acordo com o delegado Seccional de Itaporanga, Glauber Fontes, as investigações foram iniciadas no mês de julho com levantamentos realizados por investigadores da cidade de Coremas, que colheram informações sobre o ‘modus operandi’ da quadrilha, após um furto ocorrido a uma residência na Chácara Pacatônio. “Com os dados, o delegado Clenaldo Queiroz representou por mandado de busca e apreensão que foi deferido pelo Poder Judiciário e cumprido na cidade de Matureia, local em que acreditou-se ser a base da organização criminosa”, explicou.

Glauber Fontes ainda revelou que um dos investigadores se passou por cliente para que lhe fossem oferecidos os aparelhos furtados na chácara. “O material já havia sido reconhecido pela vítima e, no ato da entrega, o Everton, chefe da organização, que utilizaria um veículo de cor vermelha, não apareceu, enviando dois integrantes do grupo em uma motocicleta para fazer a entrega, enquanto ele e seu irmão davam cobertura à transação em um veículo Golf de cor prata”, revelou a autoridade policial. Os policiais deram voz de prisão a Igor e José Batista e perseguindo Everton e Jefferson até a cidade de São José do Egito, em, Pernambuco.

Com as prisões, os policiais civis ainda identificaram que a quadrilha possuía um lava jato e uma oficina de montagem de som do tipo ‘paredão’, onde foram recuperados vários dos objetos furtados na cidade de Coremas e outros materiais que podem ser de outras vítimas desse tipo de furto em cidades do Sertão paraibano. Ainda durante o cumprimento de mandado de busca, foram encontrados na residência do avô do chefe do grupo criminoso uma espingarda calibre .12 de cano serrado, com vários cartuchos e munições calibre .38, encaminhados para a delegacia de Teixeira para os procedimentos necessários.

Secom
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.