Matrículas na Educação Infantil municipal crescem 16% e Capital lidera entre as 5 cidades mais populosas da Paraíba

Dos cinco municípios mais populosos da Paraíba, João Pessoa é a cidade que registrou o maior crescimento de matrículas, na pré-escola, na Rede Municipal, nos últimos quatro anos. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o número de matrículas nesta etapa da Educação Infantil passou de 4.572, em 2013, para 5.299, em 2016.

Neste mesmo período e considerando os cinco municípios mais populosos do Estado, em Campina Grande, Patos e Santa Rita, houve queda no número de matrículas nas unidades de pré-escola. Com destaque para Santa Rita, onde as matrículas caíram em 7,4%, de 2013 a 2016. Enquanto, na Capital o aumento foi de 16%, seguido pelo município de Bayeux, onde as matrículas cresceram em 8%.

Na Capital, o crescimento das matrículas na Educação Infantil se deve aos investimentos da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) feitos nos Centros de Referência de Educação Infantil (Creis). De 2013 a 2016, foram investidos R$ 35.811.561,79 distribuídos entre reformas e melhorias das unidades e ainda ampliação e construção de Centros. Este ano, a PMJP investiu R$3.320.179,78 somente em novos Creis. De acordo com a secretária de Educação do município, Edilma Ferreira, com os novos equipamentos entregues este ano foram abertas mais de 500 novas vagas na rede.

As filhas da promotora de vendas Michelli Pereira da Silva integram o universo das mais de 11 mil crianças assistidas na Educação Infantil da Rede Municipal de Ensino da Capital. Marcelly, de cinco anos, e Marianna, de dois anos e meio, são alunas do Crei Márcia Suênia Madruga Alves da Silva, no bairro de Cidade Verde, que foi entregue em 2015.

Enquanto Marcelly começou este ano a conhecer o alfabeto e aprender a escrever o próprio nome, Marianna deu os primeiros passos, melhorou o desenvolvimento motor na unidade de ensino e disse as primeiras palavras no Crei.

“Marianna entrou no Crei com seis meses. Foi para o berçário e sempre as professoras deram muita atenção a ela. Tanto que, ela aprendeu a andar no Crei, com o estímulo das professoras. Já a mais velha entrou com dois anos e meio e este ano já vai sair para a escola praticamente lendo. Então, só tenho a agradecer”, ressaltou Michelli Pereira, que pretende colocar o filho mais novo na mesma unidade, no ano que vem.

Creches – O saldo positivo no crescimento das matrículas na Educação Infantil da Rede Municipal de João Pessoa continua nas matrículas em creches, como classifica o Inep. De 2013 a 2016, o aumento foi de 42% e, mais uma vez, a Capital se destaca entre as cinco mais populosas do Estado, ficando abaixo apenas do número registrado em Bayeux, que teve 64% de aumento. Ainda considerando esse ranking, no município de Santa Rita as matrículas em creches caíram 19%.

“Só podemos falar em qualidade da educação quando conseguimos garantir uma base com qualidade. E é isso que a Prefeitura, através da Secretaria de Educação, tem feito com muita responsabilidade e garantindo avanços não só com a construção de novas estruturas, mas no acompanhamento diário das atividades que são garantidas as nossas crianças”, frisou a secretária.

Ela lembrou ainda que a metodologia trabalhada nas unidades de Educação Infantil estimulam o aprendizado e desenvolvimento das crianças além da sala de aula, o que também é um reflexo da preparação e capacitação dos educadores e demais profissionais da Rede. “Nossas unidades contam com espaços lúdicos, abertos, para que os alunos tenham o desenvolvimento de uma infância além da sala de aula e mostrem seus potenciais de forma prazerosa”, destacou Edilma Ferreira.
Matrículas na Pré-escola
MunicípioSituação de matrículas (2013 a 2016)
João Pessoa+16%
Bayeux+8%
Santa Rita-7,4%
Patos-4%
Campina Grande-2,2%
Matrículas em creches
MunicípioSituação de matrículas (2013 a 2016)
Bayeux+64%
João Pessoa+42%
Campina Grande+29%
Patos+10%
Santa Rita-19%
Secom
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.