Emepa inicia colheita e silagem de sorgo em estação experimental

Com a finalidade de garantir ração para o rebanho bovino da raça Gir leiteira, objeto de melhoramento genético realizado na Estação Experimental Epitácio Pessoa, no município de Umbuzeiro, a Emepa começou nesta semana a colheita e armazenamento do sorgo cultivado na própria propriedade.
A previsão é de que aproximadamente 180 toneladas de sorgo sejam colhidas e armazenadas neste ano, garantindo assim, a alimentação dos animais em período de estiagem.
No começo do ano, o Governo do Estado, por meio da Gestão Unificada Emepa/Interpa/Emater, empresa vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, iniciou uma programação de cultivo de sorgo em suas estações experimentais para alimentação dos rebanhos bovino e caprino que integram as pesquisas de melhoramento genético.
No cultivo e armazenamento é usando o sistema de silo trincheira, sistema conduzido pelos pesquisadores e trabalhadores da Emepa, com a recomendação de que a produção também possa atender as demandas nas outras estações de pesquisa onde se trabalha com o melhoramento genético de bovinos, caprinos e ovinos.
Na Estação Experimental da Emepa em Umbuzeiro, foi plantada uma área de 11,3 hectares com a semente cultivar Ponta Negra, utilizando o sistema de plantio mecanizado. O chefe da estação, Gilvan Ramos da Cruz Junior, informou que o cultivo do sorgo é uma ação importante para atender a demanda de ração em período de estiagem prolongada.
A Emepa mantém um rebanho de 114 animais integrando o grupo de pesquisa de melhoramento genético da raça Gir leiteira na Estação Experimental de Umbuzeiro, que é considerada uma das mais avançadas do país.
O presidente da Gestão Unificada, Nivaldo Magalhães, lembrou que nas estações experimentais de Alagoinha e de Veludo também foram realizados plantios de sorgo que, a exemplo de Umbuzeiro, será utilizado para a alimentação do rebanho em período de longas estiagens.
O sorgo é uma planta de origem africana, da mesma família botânica do milho, que é utilizada na alimentação animal, principalmente de bovinos. Existem quatro tipos de sorgo: granífero, sacarino, vassoura e forrageiro. O sorgo também se destaca por sua ampla adaptação, fornecendo forragem de alta produtividade de massa seca aliada à qualidade nutricional em diferentes épocas de plantio.

Secom
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.