Seminário em Rita debate ações de combate a hepatites virais

As ações promovidas pela Secretaria de Saúde de Santa Rita em alusão ao Julho Amarelo, de combate a hepatites virais, estão acontecendo durante toda a semana no município. Nesta quarta-feira (26), um seminário reuniu profissionais das áreas de assistência clínica e de saúde pública para debater auxílio, prevenção e vigilância epidemiológica dessas doenças.

As hepatites B e C, alvos da campanha, são doenças provocadas por diferentes vírus, com caraterísticas epidemiológicas, clínicas e laboratoriais distintas. O Ministério da Saúde estima que existam 1,7 milhões de brasileiros portadores de hepatite C e outros 756 mil do vírus da hepatite B. A preocupação da Secretaria é identificar os casos, considerando que a doença é silenciosa e o diagnóstico precoce ajudará a bloquear a propagação do vírus entre a população.


O seminário, que aconteceu no auditório da Secretaria de Educação, contou com palestras ministradas por médicos especialistas, a exemplo de Juliana Barbosa, infectologista do Complexo Hospitalar Clementino Fraga, que esclareceu aspectos importantes sobre as hepatites virais.


Paralelamente a este evento, um curso de formação também reuniu dezenas de agentes comunitários de saúde, em ação parceira com a ONG Cordel Vida, que promoveu capacitação a esses profissionais que atuam como multiplicadores de informação.


Segundo a secretária de Saúde, Desterro Fernandes, a programação se estende até o final da semana, com a realização de palestras, distribuição de material educativo e realização de testes rápidos em unidades de saúde para detecção das doenças.

Assesoria
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.