Semam plantou e distribuiu mais de 18 mil mudas de árvores nativas nesse primeiro semestre

João Pessoa tem uma área de 211, 474 km² (IBGE, 2010). São 86 áreas de remanescentes vegetais, índice de cobertura vegetal de 30,67% do território, porcentagem considerada satisfatória para a qualidade de vida da população de uma capital, com uma média de 47,11 m² de área verde por habitante. Para preservar esse patrimônio ambiental, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), já plantou e distribuiu, este ano, 18.150 mudas de árvores nativas.

Assim como toda a região costeira do estado da Paraíba, João Pessoa encontra-se numa área de Mata Atlântica. O clima da cidade é influenciado pelos ventos alísios marítimos, um tipo de vento constante que, por causa do movimento de rotação da Terra, sopra do Nordeste para Sudeste no hemisfério Norte e de Sudeste para Noroeste no hemisfério Sul. Os ventos, associados às áreas verdes da cidade, garantem temperaturas mais amenas, em torno de 29°.

As mudas de árvores, utilizadas no plantio urbano e na recomposição de áreas degradadas, são produzidas pelo Viveiro Municipal de Plantas Nativas, que fica no bairro do Valentina Figueiredo. As mudas são plantadas nas praças e canteiros de ruas e avenidas, escolas, Creis (Centros de Referência em Educação Infantil), matas ciliares (nas margens dos rios) e ainda são distribuídas com a população em diversos eventos pela cidade.

Para o secretário de Meio Ambiente, Abelardo Jurema Neto, “o plantio é um compromisso da gestão com a qualidade de vida da população de João Pessoa. E reflete também a nossa postura de respeito para com a tradição da cidade, de preservar e amar suas áreas verdes”, afirmou.

Neste primeiro semestre de 2017, foram plantadas 7.450 mudas nas margens do Rio Cabelo, Rio Laranjeiras, Parque Cuiá, Parque Augusto dos Anjos e Parque Ecológico do Rio Jaguaribe. 2.150 mudas foram distribuídas e plantadas por instituições parceiras, como Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e ainda 8.550 mudas doadas para escolas, instituições filantrópicas, associações comunitárias e feiras e eventos. Entre as espécies plantadas e distribuídas estão os ipês amarelos, roxos e rosas, sibipiruna, pau brasil, aroeira da praia, entre outras. São árvores que, em três anos, estarão ofertando sombra para a população da cidade e contribuindo para diminuir a temperatura ambiente.

João Pessoa Carbono Zero – O plantio e a distribuição de mudas de árvores estão inseridos no programa João Pessoa Carbono Zero, que detalha e planeja as ações de preservação e recuperação ambiental da cidade. O programa tem como foco principal contribuir para reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2) produzido em João Pessoa. As ações têm um caráter prático, como atividades de recuperação ambiental das nascentes de rios e áreas degradadas, plantio e distribuição de mudas de árvores nativas e reordenamento de estabelecimentos comerciais da orla da cidade.  Até o fim do ano deverão ser plantadas 30 mil mudas de árvores nativas pela cidade, como parte das ações do Programa Carbono Zero.

Secom
Compartilha via Whatsapp

Sobre Hugo Freitas

O AGORAPB O SEU PORTAL DE NOTÍCIAS
    Comentário via Blogger
    Comentário via facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os leitores que quiserem fazer algum comentário, devem estar logados no facebook, clicar em Like e escrever na caixa de texto que se abrirá automaticamente.